de 2015
Manchetes
Observatório
SANT'ANA FEST
29/07/2015
Domingo passado participei de mais um festival como jurado na finalíssima da II edição do Sant'Ana Fest. De um lado organizadores e calouros; do outro os jurados responsáveis para decidir os vencedores. Na madrugada do sábado, me questionei de como é difícil julgar tantos artistas de altíssima qualidade. Passaram pela minha mente as mais variadas especulações imaginando a preocupação e o nervosismo daqueles grandes expoentes da música dos mais diversos municípios preparando - se durante toda semana para oferecer o melhor de si para o grandioso público que lotou o pavilhão da igreja matriz Sant'Ana de Laranjeiras do Sul nas noites de sexta e sábado e no domingo à tarde ocasião da finalíssima.

Desabafo
Quando participo como membro da Comissão Julgadora, costumo participar dos ensaios para avaliar os candidatos para dessa maneira realizar uma prévia e facilitar o trabalho à noite fazendo um pré-julgamento. É muito complicado julgar um ser humano expondo o seu talento com toda raça e emoção, difícil decidir a sorte e o futuro de alguém que não conseguiu dormir direito no dia anterior por causa da adrenalina do que pode vir acontecer no dia seguinte. Sonhos carregados nos alforjes da esperança de cada participante podem ser destruídos para sempre às vezes por causa de um julgamento negligente ou talvez por imparcialidade. Torcidas, amigos, parentes, pais, esposas e maridos congratulando-se nas mesas e corredores, muitas vezes rindo, outras vezes chorando de emoção causado pela alegria da vitória ou pela tristeza da derrota.

Difícil missão
O papel do jurado é muito ingrato, geralmente na maioria dos festivais os cantores são muito bons, com uma afinação perfeita e apresentação impecável. A diferença na qualidade é mínima, mudando somente no estilo. E daí? Como descobrir quem será merecedor (a) do primeiro lugar, as notas são quase idênticas e mesmo que o jurado entenda bastante de música, em determinadas ocasiões, não consegue ter o discernimento preciso de quem foi o melhor. Como jurado de festivais me coloco no lugar de cada cantor e quero que tenham a certeza que a nossa tarefa é tão difícil quanto a de vocês. As nossas ansiedades e os nossos sentimentos se misturam com as suas alegrias e a suas tristezas a cada resultado divulgado. Meus respeitos a todos os calouros de toda a região e especialmente para todos aqueles que participaram do II Sant'Ana Fest. O ano que vem o evento promete, e tudo indica que será bem maior em todos os sentidos. Um abraço e até lá se Deus quiser.

A MINHA CANETA ANOTOU
A brilhante organização do II Sant'Ana Fest no comando da rádio Campo Aberto. Destaques para os três grandes apresentadores: Ivan Theo, Adilson Nogueira e Eleandro Rodrigues. Também os três grandes comunicadores que realizaram uma cobertura brilhante: Jair Couto, Ivonel Bueno e o Plácido Damiani. Os bons preços do supermercado Rede Lar. As deliciosas iguarias servidas nas barracas do II Sant'Ana Fest. A simpatia do casal Ildo e Fátima Guerra da Movelar I e II. O bom atendimento do pessoal da Comercial Virmod. Parabéns ao Marquinho – farmácia- que dou o primeiro lugar do Santana Fest e já se comprometeu doar a premiação para o evento do ano que vem, porém, com uma novidade, dobrou a premiação. Cabe destacar o excelente trabalho dos jurados: Bira Miranda, maestro Mathias, irmã Maria José e o João Pio Andreetta. O jornal Correio do Povo do Paraná também fez uma excelente cobertura divulgando todas as fotos do evento e o resultado final.
Victor Rivas

Formado em História pela Unicentro, professor de filosofia pela rede estadual e pós graduado em Educação do Campo

Últimos Posts Observatório
 
Início | Quem Somos | Comercial | Redação | Direção | Sugestões | Trabalhe Conosco | Publicaçôes | Fale Conosco | Política de Privacidade
Jornal Correio do Povo :: Rua Cel. Guilherme de Paula, 880 Fone: (42) 3635-2944 CEP 85.301-220 - Laranjeiras do Sul - PR