de 2014
Manchetes
30/12/2011 :: 16:17 - Esporte Compartilhe:
Romário e Ronaldo anunciam parceria para ajudar deficientes
Deputado federal e membro do COL garantem 500 entradas para cada jogo do torneio
Reportagem: : A- | A+
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) doará 32 mil ingressos à deficientes físicos para a Copa do Mundo de 2014, anunciaram os ex-jogadores Romário e Ronaldo, distribuindo 500 entradas para cada jogo. A doação foi anunciada em entrevista coletiva no Rio de Janeiro convocada por Ronaldo, integrante do conselho administrador do Comitê Organizador Local (COL) da Copa e Romário, que é integrante da Frente Parlamentar de Defesa das Pessoas com Deficiências.
As entradas gratuitas vinham sendo negociadas por Romário, deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro, mas as conversas se aceleraram neste mês quando Ronaldo se tornou membro do COL. “Fiz a solicitação para saber se seria possível garantir uma conquista dessa força para nossa sociedade e obtive uma rápida resposta”, diz Romário, que chorou durante a entrevista, ao admitir que não tinha muitas esperanças de obter os ingressos.
Desde quando iniciou o mandato, Ronaldo se caracterizou pelo trabalho em defesa dos incapacitados e pela fiscalização da organização da Copa. “Estou feliz com a velocidade da resposta. O presidente da CBF, Ricardo Teixeira  me disse que independentemente do que seja aprovado pela Lei Geral da Copa, a confederação como entidade privada doará esses ingressos”, acrescenta Romário, que tem uma filha com síndrome de Down.
A Lei Geral da Copa, atualmente debatida no congresso, é uma legislação especial que inclui entre outros, os compromissos assumidos pelo governo perante a Fifa para ter o direito de organizar o evento em 2014. O projeto apresentado foi criticado pela entidade máxima do futebol mundial, que pediu algumas remodelações. A Fifa se opõe por exemplo, à concessão de descontos nas entradas a idosos e estudantes de escolas públicas e à proibição do consumo de bebidas alcoólicas nos estádios, o que está previsto nas leis brasileiras. Para superar tal problema o governo, congresso e a entidade estão negociando um acordo que pode destinar uma parte do total de ingressos que será vendido no país a idosos, estudantes, incapacitados e indígenas, que irão adquirir as entradas a preços populares.
Romário, que negociou separadamente conseguiu garantir a doação para os deficientes. “Esses ingressos serão doados às pessoas com deficiências, principalmente às de baixa renda que não têm condição de comprá-los”, declara.
O ex-craque esclareceu que o gesto da CBF não mudará seu discurso contra a Fifa, nem sua intenção de continuar fiscalizando a organização da Copa. “Não mudei de lado. Sou deputado federal e seguirei fiscalizando. Mas queria anunciar isso e agradecer de coração à CBF. É um ato que ninguém esperava”, ressalta Romário. “Agradeço a Romário sua gestão em nome de mais de 45 milhões de pessoas com deficiências no Brasil. Imagino a emoção de um cego, que não vê com os olhos mas sim com outros sentidos, de poder assistir a uma partida da Copa”, afirma a deputada Rosinha da Adefal.


Últimas Esporte:

Rio das Cobras conquista o Tetra no futebol feminino do Jep's Bom de Bola

Com uma campanha inquestionável, o Colégio Estadual Indígena Rio das Cobras, de Nova Laranjeiras, conquistou o tetracampeonato regional da categoria A (15 a 17 anos) dos Jo...

Coment(0)
#Hits(0)
MAIS:


 
Início | Quem Somos | Comercial | Redação | Direção | Sugestões | Trabalhe Conosco | Publicaçôes | Fale Conosco | Política de Privacidade
Jornal Correio do Povo :: Rua Cel. Guilherme de Paula, 880 Fone: (42) 3635-2944 CEP 85.301-220 - Laranjeiras do Sul - PR