Poucas e Boas - Henrique Romanini
Poucas & Boas

Austero

“Assinei o projeto para acabar com a aposentadoria para governador. Não é justo os paranaenses pagarem mais essa conta. Além disso, em menos de 30 dias já devolvemos o jatinho que era de uso exclusivo do Governador, gerando R$ 4 milhões e meio de economia”. Esse foi o post do governador em sua conta no Twitter. Enganou-se quem pensava que o “rapaz” fosse sair da linha depois de eleito.

Calado é um gênio

Mais uma vez quem “mijou nas paia boa” foi o ex-governador Roberto Requião, ao se referir ao grupo de Israel que veio auxiliar no resgate de vítimas em Brumadinho. “Este grupo de 140 soldados e 16 toneladas de equipamentos, mais parece um grupo de assalto à Venezuela do que um grupo benvindo,  mas desnecessário de salvamento a Brumadinho”, lascou ele no Twitter.

Retorno em paz

Na próxima segunda-feira (4) os vereadores laranjeirenses retomam o cotidiano parlamentar. A volta aos trabalhos deve ser em clima festivo, apesar das arestas criadas durante a eleição para a mesa diretora que assume este ano. Parece que as férias fez bem e segundo consta o clima deve ser de paz na condução do vereador Magrão, conhecido pela postura diplomática que conduz sua vida pública.

Em boas mãos

O ex-presidente da Sociedade Rural Centro-Oeste de Laranjeiras do Sul, Valter Rodak, vai assumir a chefia do Núcleo Regional da Secretaria da Agricultura e Abastecimento. Pecuarista, Rodak foi indicado pelo prefeito Berto Silva, que sabe da potencialidade dele e competência para dirigir o órgão. Sucesso ao amigo!

Prestígio

As chefias dos Núcleos da SEAB e SEED em Laranjeiras do Sul, demonstram o prestígio  que o prefeito Berto Silva tem com o atual governo. Em ambos os casos, Lídio e Valter, foram indicações do prefeito. Inclusive durante a campanha o nome do prefeito Berto Silva foi ventilado como um dos indicados à  uma secretaria de governo na gestão Ratinho Junior, o que ainda não está descartado, dizem alguns amigos próximos.

Boas relações

De acordo com o colunista Fabio Campana, parece que o namoro entre o novo secretário de Educação do Paraná e a APP Sindicato vai bem. Antes do início do ano letivo, algumas providências foram tomadas e os dois lados gostaram das novidades. Entre elas, uma alteração na carga horária dos diretores: os de escolas com menos de 100 alunos passarão a ter jornada de 30 horas (eram 20 horas); já os diretores à frente de escolas com mais de 100 alunos passarão a ter carga horária de 40 horas – melhora o salário. Pronto, problema resolvido!