Você Sabia? - Luana Terebinto
CÁRIE DE MAMADEIRA – Temos que falar sobre isso!

O que é cárie de mamadeira?

–É uma cárie aguda, agressiva, de evolução rápida e que provoca muita dor. Causa a destruição do dente de leite rapidamente. A destruição dental associada ao íntimo contato de líquidos açucarados fermentáveis com os dentes de leite durante o dia ou à noite, incluindo o leite materno.

– É uma doença que pode afetar a criança no primeiro ano de vida.

– Se o processo carioso se instalar e não for tratado adequadamente, com o passar do tempo poderão aparecer problemas maiores como: dor de dente, grandes cavidades de cárie, restaurações extensas, tratamento de canal, problema periodontal (de gengiva) ou até a perda precoce de dentes.

– A cárie de mamadeira, também conhecida como: cárie de acometimento precoce, cárie por amamentação, síndrome da mamadeira noturna, cárie em bebês.

 

Como ocorrência a cárie de mamadeira?

A causa desse tipo de cárie acontece da seguinte maneira:

– Quando a criança adormece, diminui o fluxo salivar, que é o responsável por banhar e proteger os dentes das bactérias.

– A cárie acontece quando há a associação entre placa bacteriana cariogênica, dieta inadequada e higiene bucal deficiente. As bactérias interagem com os alimentos ingeridos e produzem resíduos na forma de ácidos que provocam a desmineralização do dente.

– Esse tipo de cárie se inicia com manchas esbranquiçadas nos incisivos superiores e inferiores, que, mais tarde, se não removido o hábito, podem vir a formar grandes cavidades, podendo até destruir o dente.

– Outros fatores que podem determinar o aparecimento da cárie de mamadeira são: adoçar a chupeta com mel ou açúcar para que a criança se acalme e adormeça; o consumo excessivo de suco ácidos (laranja, limão) e coca cola na mamadeira durante o dia todo.

 

Qual é o tratamento?

– É importante que ocorra severa mudança de hábitos alimentares e higiene bucal adequada

– O tratamento da cárie de mamadeira deve ser iniciado pelo controle do processo infeccioso. O tratamento, além de ser invasivo, é desgastante para a criança e família. Durante os procedimentos em consultório para tratamento restaurador das cáries, o bebê não consegue ficar parado e não compreende o que está acontecendo, sendo assim, só chora, pois não tem outra forma de se expressar.

– A aplicação tópica de flúor pode ser muito benéfica também.

Se a doença cárie não for interrompida, poderá ocorrer a destruição de vários dentes, acarretando em sérias repercussões locais, sistêmicas, psicológicas e sociais. A criança pode apresentar um quadro de infecção, dor, dificuldade de mastigação, trauma psicológico e perda prematura de dentes. Isso pode influenciar nas atividades cotidianas das crianças como rendimento escolar, comer, dormir e brincar. A perda precoce dos dentes decíduos prejudica o adequado desenvolvimento e crescimento dos arcos maxilares, organização correta do encaixe dos dentes e função mastigatória e fonoarticulatória acarretando sérias consequências para a dentição permanente.