Poucas & Boas

Azedou Nada pode estar tão ruim que não possa piorar. Pois a relação entre o prefeito de Laranjeiras do Sul,

Azedou

Nada pode estar tão ruim que não possa piorar. Pois a relação entre o prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva e o presidente da Câmara, João Badotti, confirma esta máxima. Em recente pronunciamento, Badotti deu um sapeca iá iá e detonou o executivo. Se o relacionamento já não era bom, agora sim azedou de vez. Berto Silva pediu fita. Vamos aguardar para ver o desfecho.

3ª Via

Por falar em política, me disseram que um grupo de notáveis, mas sem currículo político, pretende criar uma terceira via na política local. A fonte garantiu que o grupo é forte em credibilidade e finanças. Na verdade o momento é propício, resta saber se a nova bandeira que tem o respaldo da governadora Cida, vai cair nas graças do eleitor.

Ou ela, ou eu

Um ex-vereador laranjeirense demonstra interesse em retornar à política. No entanto, a ideia não foi bem aceita na base familiar. O ex-edil, que é exemplo de pai, esposo, filho e amigo, teve que refutar e deixar o desejo de postular uma cadeira na Câmara em stand by. Para conservar a harmonia familiar, ele terá que abdicar da ideia.

E agora?

Tem um prefeito na região que está com a pulga atrás da orelha. É que quando vereador, foi autor de um projeto que impedia a nomeação para cargos públicos efetivos, de condenados em decisão transitada em julgado. E vai ter que descascar esse abacaxi. Pois um dos seus secretários foi condenado recentemente em terceira instância. E agora? Se ficar o bicho come e se correr o bicho pega.

Presidenta

Rola nos bastidores político que a decisão do STF de acabar com a prerrogativa de foro para congressistas ampliou as opções de plano B no PT caso Lula seja impedido de disputar a eleição. Alvo da Lava Jato, a presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann, entrou na lista de cotados. Ela tem sinalizado que irá disputar vaga de deputada federal, mas sem a garantia de que manterá seus casos no Supremo, pode acabar assumindo a vaga de candidata ao Planalto.

Mais uma vez

O senador Roberto Requião (PMDB), anunciou que deverá caminhar nas eleições junto com Osmar Dias (PDT), eles devem reeditar a chapa que já concorreu e perdeu para o atual Governador do Estado, Beto Richa (PSDB).

Apoio

O Partido Humanista da Solidariedade (PHS) entrou oficialmente na base de apoio da pré-campanha do deputado estadual Ratinho Júnior (PSD) ao governo do Paraná. Com o PHS, a coligação em torno de Ratinho Júnior já soma sete partidos. A base inclui também PSC, PV, PR, o PRB e Avante.