Poucas & Boas

Expoagro  A 14ª Expoagro dividiu opiniões em relação ao sucesso ou fracasso do evento. Posso afirmar com a autoridade de

Expoagro

 
A 14ª Expoagro dividiu opiniões em relação ao sucesso ou fracasso do evento. Posso afirmar com a autoridade de quem viveu intensamente os quatro dias de evento. Se não foi tão bom quanto os otimistas esperavam, também não foi tão ruim como os agourentos desejavam. O que é preciso deixar claro é que a Expoagro é uma conquista de toda a região e precisa continuar.

 

Na moita

 
Como sempre acontece a classe política prestigia a Expoagro, no entanto este ano o numero de deputados e pré-candidatos a uma cadeira na Assembleia Legislativa ou Câmara Federal foi menor que nos anos anteriores. Será que os pré-candidatos paranaenses estão aguardando definições das candidaturas graúdas para saírem a campo?

 

Belo trabalhos

 
Vale destacar aqui o trabalho da imprensa laranjeirense na cobertura da Expoagro 2018. Emissoras de rádios, blogs, sites da cidade e da região eternizaram com fotos e entrevistas vários momentos importantes do evento. Inclusive o Jornal Correio do Paraná, inovou com a TV Correio Digital. Foi um trabalho planejado e executado em equipe, que marcou o pioneirismo nesta área e teve uma repercussão muito positiva.

 

Lá vem Portela

 
Valter Rodak vai deixar a presidência da Sociedade Rural este ano, após o cumprimento do mandato. Nos bastidores já se fala em alguns nomes para assumir a cadeira e entre eles soa forte o nome do ex-presidente Vanderlei Portela, que já afirmou que topa o desafio.

 

Conversando

 
Finalmente o prefeito Berto Silva e o presidente da Câmara de Vereadores João Badotti, sentaram à mesa para uma conversa. Em pauta a reforma da sede da Cada de Leis, que será restaurada. Como na parte superior funcionam algumas secretarias, Badotti pediu ao prefeito que desocupe o imóvel para o início dos trabalhos. Berto pediu um prazo de 90 dias para desocupar o prédio.

 

Novo roteiro

 
Alguns críticos do ex-presidente Lula, já se manifestaram na mídia social sobre a posição da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que por unanimidade (5 votos a 0), negou a concessão de um habeas corpus preventivo pedido pela defesa para evitar a prisão do ex-presidente.

Eles dizem que o roteiro do Luiz Inácio na região vai mudar, ele deve passar primeiro por Catanduvas, onde ficará alguns anos, para depois vir a Quedas e Laranjeiras.

 

Sem álcool

 
O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná suspendeu a venda de cervejas nos estádios de futebol paranaenses, liberada desde setembro de 2017, quando deputados aprovaram um projeto de lei que permitia a volta da comercialização da bebida, vetada desde 2008. Por 13 votos a 9, o TJ-PR avisou que a venda está suspensa até o julgamento do mérito, sem data marcada.