A forma e o poder das palavras

As palavras possuem um poder desconhecido por muitos, e ao contrário do que dizem que palavras vão com o vento,

As palavras possuem um poder desconhecido por muitos, e ao contrário do que dizem que palavras vão com o vento, elas não vão, elas marcam vidas, transformam momentos e modificam trajetórias; as palavras não são neutras, elas sempre envolvem emoções e sentimentos.

Assim, entende-se que as palavras são importantes, porém a forma que são proferidas podem ser ainda mais importante. Já notaram que as palavras boas, carinhosas, afetuosas e amorosas, são ditas num tom baixo, quase sussurradas? Enquanto que, as palavras carregadas de sentimentos ruins, como reprovação, raiva, desaprovação e desamor são gritadas?

Você pode achar que nesse caso, envolve mais o momento que as palavras, contudo são elas que permeiam e fazem esse momento acontecer. Por pior que seja o momento, as palavras precisam ser pensadas, pois o momento passará, mas não acontecerá o mesmo com as palavras ditas.

Nesse pensamento, relato algo que ouvi de um padre que dizia: Se eu atirar essa bola de tênis em você com minhas mãos, isso vai doer, mas não te ferir fisicamente, mas se eu pegar uma atiradeira (estilingue ou setra) pode ser que te cause um hematoma, e se eu pegar um canhão e atirá-la, isso  vai com certeza te machucar e pode até machucar outros a sua volta. Baseados nessa analogia vamos pensar na bola como sendo palavras, podemos perceber que a forma como se atira, lança ou profere faz toda a diferença. A bola – a palavra – é a mesma, mas a maneira como é lançada é que determina o resultado que você quer causar. Portanto, é preciso pensar mais sobre a forma como fala, sobre o impacto que ela causará, e o resultado que se espera.

É impressionante como observo que muitos não conseguem lidar com as boas palavras, nem dizê-las e nem ouvi-las, já percebeu como há muitas pessoas que não sabem receber um elogio, ficam tentando justificar, exemplos; Você está bonita (o) hoje? e a resposta: que nada, só resolvi colocar um batom ou essa camisa nova hoje, Você se saiu muito bem!, resposta Que nada fiquei muito nervoso ou foi um trabalho em conjunto. Situações que bastavam um muito obrigado, mas há pessoas que não conseguem! E se têm dificuldade de receber elogios também têm de proferi-los. Usando os mesmos exemplos já citados: Essa roupa ou esse batom está te ajudando um pouco hoje, ou poderia ter se saído melhor hoje, se tivesse…, mas foi bom; Por que a critica nesse momento? Não poderia ter somente elogiado? Por que valorizar o material (a roupa, a maquiagem) enquanto se pode valorizar a pessoa?

É preciso fazer bom uso das palavras! Pois isso determina a forma como será lembrado, pois elas não se vão com o vento.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail