Acidente com vítima fatal eleva insatisfação com a rotatória do antigo Fórum

Trânsito

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Desde a sua construção, em novembro de 2016 a rotatória da Av. Santos Dumont com a Expedicionário João Maria, nunca teve a unanimidade dos motoristas que trafegam pelo trecho. Na verdade a maioria, não aprovou a obra que tinha o objetivo de frear os acidentes que comumente aconteciam neste cruzamento.

Mas o descontentamento se pronunciou de forma mais contundente, após o acidente ocorrido na madrugada de sábado (6), quando o motociclista Heverton Miguel Marchioro conhecido na cidade como “Maradona”, não resistiu ao impacto da moto que conduzia com um veículo Siena e entrou em óbito no local.

Pessoas que trabalham na região e trafegam continuamente pelo local opinam sobre a obra e o resultado que ela trouxe para o trânsito naquele cruzamento.


Regra de circulação


De acordo com o artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), tem a preferência na rotatória aquele veículo que já estiver em circulação. Isso significa que, mesmo que o motorista esteja parado, ele deve esperar aquele que estiver circulando passar.

No caso de não haver ninguém em circulação e dois carros chegarem ao mesmo tempo, em acessos distintos da rotatória, a preferência será daquele motorista que estiver à direita. Ainda existirá aquele que perguntará o que fazer na inusitada situação de todos os quatro veículos chegarem exatamente ao mesmo tempo aos acessos da rotatória. Neste caso a regra do CTB permanece a mesma, só que, nesta situação é preciso uma dose de gentileza no trânsito para resolver o impasse.


Este ano


Segundo o secretário de Obras e Urbanismo, Leoni Luiz Melleti, o Tilim, este ano a prefeitura deve concluir a sinalização e implantar mais sinaleiros e rotatórias nas ruas da cidade.

“Pretendemos racionalizar a sinalização visando dar fluidez e reforçar a segurança no trânsito em Laranjeiras do Sul. Para isso o prefeito Berto Silva autorizou a contratação de uma empresa especializada para desenvolver um projeto exequível que garanta esta demanda”, afirmou Tilim.


Prefeito x Comuttram


O prefeito Berto Silva já declarou publicamente que é contrário a implantação de rotatórias e que confia mais na eficiência dos semáforos. No entanto, a decisão de inserir no trânsito, qualquer inovação ou mudança, não cabe apenas ao prefeito, qualquer decisão deve passar pelo crivo do Conselho Municipal de Trânsito Transporte e Mobilidade – Comuttram, que de acordo com o presidente, Leoni Luis Meletti, a maioria dos membros, defende a implantação de rotatórias em vez de semáforos.

No entanto, a divergência não deve atrapalhar o projeto de humanização e racionalização do trânsito em laranjeirense que deve ser trabalhado este ano e que vai atender a um anseio da população que revindica um trânsito mais eficiente.

Agora, de nada adiantará todo o empenho dos órgãos públicos em garantir um trânsito eficiente se os motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres não fizerem a sua parte.

Confira a opinião dos motoristas:

Luiz Carlos – Comerciante; “Acho que a rotatória não resolve nada. Ninguém sabe o que deve fazer, tem sinal de pare nos quatro cantos do cruzamento e isso confunde o motorista”


José Anacleto de Souza, o Futrica – Barbeiro “Depois que construíram a rotatória o trânsito ficou mais complicado. Eu não gosto, prefiro o semáforo”


Marcos Pedroso – Vendedor “ Na verdade piorou bastante o transito. A sinalização é mal colocada e confunde o motorista”


Rodrigo de Mello Moreles – Comerciante “ A rotatória foi mal planejada. Os motoristas não respeitam, pois como ela foi feita, não exige que os veículos diminuam a velocidade. Todo dia tem motoristas reclamando, buzinando e os acidentes acontecem cotidianamente.


Armelindo Ambrosio – Corretor de imóveis “ A rotatória é muito boa. O que é preciso é educar os motoristas que não respeitam. Se todos respeitassem seria uma maravilha, evitariam muitos acidentes”


Rosane Piovesan – Autônoma “ Eu acho a rotatória um absurdo. Foi a pior coisa que fizeram no trânsito em Laranjeiras do Sul. Eu sou a favor de trocar a rotatória por semáforo”


Fabiano Franciosi – Presidente da ACILS “ Eu que trabalho aqui ao lado notei que de forma geral reduziu o número de acidentes. Mas qualquer medida que for tomada no trânsito, se não tiver a colaboração dos usuários nunca vai funcionar”


Débora Dias Sobrinhogarcia – Advogada “ Na minha opinião o que resolveria o problema seria um semáforo e não a rotatória, porque infelizmente as pessoas não estão preparadas para respeitar o sistema de rotatória”

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter