Confirmado como titular, Keirrison se diz motivado e celebra nova chance

Esporte

Revelado nas categorias de base do clube, jogador ganha a condição de titular após lesão de Kleber e suspensão de Henrique Almeida

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Divulgação
Divulgação

Com as ausências de Kleber e Henrique Almeida no ataque, o compromisso contra o Avaí, neste sábado (4), marcará a volta do atacante Keirrison ao time titular do Coritiba. Revelado nas categorias de base do clube e em sua terceira passagem pelo Alto da Glória, o jogador celebrou a oportunidade e vê com nostalgia a chance de reviver os bons momentos com a camisa alviverde.

“Para mim, está sendo como se fosse a minha primeira partida. Todas as vezes que passo em frente ao Couto Pereira, existe uma ligação, pois estou aqui desde pequeno. A oportunidade, quando surge, é sempre fruto do trabalho que vem sendo desempenhado. Eu estou focado para tentar ser melhor e, se tiver esta chance, será de muita felicidade e vou dar meu máximo para ajudar meus companheiros e buscar a vitória”, exaltou o atacante em entrevista coletiva.

Sem iniciar uma partida entre os titulares desde outubro do ano passado, Keirrison não começa entre os onze pelo Coritiba desde 15 de julho de 2015, em sua última passagem. Neste retorno ao clube, já atuou em três ocasiões, todas elas entrando no segundo tempo. 

“O atleta tem que ter a motivação de querer jogar. Eu creio que quando ele perde isso, tem que se aposentar. Comigo é o mesmo, eu me sinto motivado sempre. Quando não tenho a oportunidade, não vou dizer que fico triste, mas existe aquela sensação de querer ajudar a equipe”, disse.

Além das lesões que atormentaram a carreira do jogador, o atacante viveu um novo drama ao final de 2015, quando perdeu o filho de apenas três anos e teve novamente que buscar forças para dar nova volta por cima e dar continuidade no trabalho.

“Eu procurei pensar mais no meu interior, do que eu necessitava no momento. Sabemos que muitas pessoas enfrentam problemas, é natural isso.

Mas temos que resolvê-los. O meu trabalho é muito importante para mim, mas precisei resolver esta coisa pessoal. Senti naquele momento que deveria retornar ao futebol, pois é o que meu filho desejava para mim. Quando decidi voltar para o Coritiba, também foi por isso e sei que ele está comigo. É isso que me motiva todos os dias para buscar o melhor”, contou.

Com K9 de volta entre os titulares, o Coxa recebe o Avaí neste sábado (4), às 21h, no Couto Pereira, em duelo direto para tentar se distanciar da zona de rebaixamento. Com 35 pontos, o Alviverde é a primeira equipe fora do Z-4, tendo a mesma pontuação do adversário, que atualmente é o 18º colocado.

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter