Educação

Crianças de férias: como diverti-las sem gastar?

Dona Albertina e o sêo Valdir Wessler fazem de tudo para agradar os netos (Foto: Polliana Gurnski)

Durante as férias escolares, pais e mães deixam de lado algumas preocupações, como preparar a lancheira, lavar o uniforme, organizar o material e, em alguns casos, levar e buscar a criança no colégio. Essa época contagia e anima as crianças, mas também representam um grande desafio para os adultos: Como entretê-las no período antes ocupado pelos estudos?

O hábito de brincar – que faz parte do desenvolvimento infantil – têm sido deixado em segundo plano com a correria do dia a dia, que não atinge apenas os adultos. Por isso, a receita básica para os momentos de descanso precisa contemplar diversão.

A tentativa dos pais que conseguirem afrouxar o ritmo nesta época é válida para que a família fique mais tempo junta. Ir mais tarde ao trabalho ou chegar em casa mais cedo possibilita um período extra para brincar ou preparar uma refeição, como um lanche ou um piquenique.

Os dias de férias podem ser marcados pela aprendizagem e pelo divertimento, sem gastos exorbitantes.

 

AVÓS

É um corre-corre com a criançada e na maioria das vezes ‘sobra’ para os avós cuidarem dos pequenos. Um exemplo desse envolvimento é da Dona Albertina e do sêo Valdir Wessler, de Laranjeiras do Sul, que nesta semana estavam cuidando e se divertindo com seus cinco netos. Conforme diz Dona Albertina, as crianças adoram se reunir. “Olha, quatro netos moram perto de nós e hoje fomos buscar a Brenda para a alegria ficar completa, pois ela adora quando chega as férias e pode vir ficar um pouco conosco. Inventei uma lojinha de roupas de crianças para que eles possam se divertir. Assim, não gastamos e contentamos todos eles”, destaca.

Para o Sr Valdir, essa união, apesar de prazerosa, não é muito fácil. “Nos primeiros momentos que eles estão todos reunidos, é só diversão, mas daqui a pouco começam as pequenas intrigas. A gente faz o possível e muitas vezes até o impossível para agradá-los. E sabe aquela história que casa de vovô é chiqueiro de neto?? Pois é, veja como estamos!!”, brinca.

 

ATIVIDADES

Você também pode fazer atividades simples para agradar a garotada:

Brincar de adivinhar

Distribua diferentes objetos e produtos (arroz, feijão, pedras, lixa, algodão) em alguns recipientes e coloque uma venda nos olhos das crianças. Faça questionamentos como: é duro, é mole, é áspero? Até cada criança descobrir de qual material se trata.

Uma segunda versão para esta atividade, é a caixa surpresa. Prepare uma caixa com uma abertura apenas para colocar a mão e insira vários objetos, como tampinhas, pentes, tubos ou lixas. Lacre o recipiente e, com os olhos vendados, faça cada um da turminha escolher um produto e tentar identificar de qual item se trata apena usando o tato.

Acampamento

Monte uma barraca no quintal ou jardim, mas se não possuir uma versão pronta, construa uma cabana com algumas cadeiras, lençóis e mantas dentro de casa. Usando lanternas, é possível criar uma iluminação mais intimista e fazer um clima aconchegante. Aproveite para abastecer a barraca com alimentos, contar muitas histórias e passar uma noite de descontração.

Cinema em casa

Escolha um filme fazendo uma votação para definir o favorito. Envolva as crianças na organização do ambiente, distribuindo colchões, edredons e almofadas no chão para criar um espaço acolhedor e aconchegante. Não se esqueça da pipoca.

Passa balão

No quintal de casa, encha balões com água e separe dois tecidos (com tamanho um pouco menor que um lençol de solteiro, por exemplo) para dois times. O objetivo da brincadeira é uma equipe jogar o balão de seu pano para o outro e vice-versa; quando o time deixa o balão cair ou estourar, a equipe adversária leva o ponto.

Modelagem

Prepare um pequeno ateliê e coloque a criançada para mexer com argila ou massa de modelar, estimulando a criação de pequenos objetos ou animais. Deixe as peças secarem e depois organize uma seção de pintura dos itens usando tinta guache.

Artista por um dia

Toda criança adora pintar, por isso, escolha um local em casa e forre o piso com papel, deixando o chão ser uma grande tela para liberar a imaginação.

Mímica

Em pedaços de papel, escreva nomes de animais, objetos e algumas ações e coloque-os em um recipiente para serem sorteados. O representante deve tirar um papel e fazer a mímica correspondente para que os outros integrantes da brincadeira tentem adivinhá-la. Quem acertar, marca ponto e faz a próxima mímica.