Dantinho foi à Capital receber cotas extras do ICMS

Política

Ele foi acompanhado do deputado estadual Paulo Litro.

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O prefeito em exercício de Três Barras do Paraná, Dantinho Todescatto, esteve na terça-feira (30) em Curitiba, para receber a Cota Extra de ICMS repassados pelo Governo do Estado.

Acompanhado do deputado estadual Paulo Litro, Dantinho recebeu mais de R$ 235 mil. “O recurso sem nenhuma dúvida, vem em boa hora para os municípios do Paraná. Ao contrário do resto do país, o Paraná realiza repasse de recursos para a execução de obras”, destacou Paulo Litro.

Os valores são oriundos do pagamento de ICMS de empresas que receberam incentivos fiscais de postergação do recolhimento do imposto, gerado em função da realização de projetos de investimentos no Estado, no âmbito do programa de incentivo instituído pelo Governo.

Para o prefeito em exercício Dantinho Todescatto, o recurso refere-se ao pagamento de empresas que receberam incentivos fiscais em projetos de investimentos no Estado. “O recurso vem no momento certo, porque permite que, antes mesmo da arrecadação do IPTU, as prefeituras tenham recursos em caixa”, disse o prefeito.

Dantinho agradeceu o apoio do governo estadual em obras para cidade e afirmou que os recursos de antecipação do ICMS serão aplicados para a zeladoria municipal. “Vamos usar esse recurso para manutenção da cidade”, disse ele.

 

GOVERNO

Richa explicou que é o segundo ano seguido que o Governo do Estado reforça o caixa dos municípios paranaenses no início do exercício. “No Paraná amenizamos o impacto brutal da crise econômica aos 399 municípios, com investimentos sistemáticos em áreas estratégicas, porque entendemos que é responsabilidade do governo melhorar a vida das cidades”, disse Richa.

Em janeiro de 2017, o governador fez repasse extra de R$ 431 milhões aos prefeitos. Nos dois casos, os valores referem-se a impostos já devidos e que, por causa de incentivos concedidos para investimentos, tiveram parte do pagamento adiado.

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter