Esporte

Finalmente! Após anos de abandono, Água Verde terá praça esportiva reformada

Depois de anos de abandono, complexo esportivo do Água Verde será reformado; Campo de futebol de areia dá lugar ao de futebol 7; parque infantil e academia também deverão ser instaladas
Campo de futebol de areia está tomado por mato, sujeira e pedras (Foto: Juliam Nazaré)

O sofrimento dos esportistas do bairro Água Verde, em Laranjeiras do Sul, está com os dias contados! Na segunda-feira (24), o prefeito Berto Silva anunciou em uma rede social que o complexo esportivo da região será reformulado. Saí de cena o campo de futebol de areia e chega o de futebol 7. Além disso, o local também ganhará um parque infantil e uma academia ao ar livre.

 

O TRÂMITE

Há anos abandonado, o complexo esportivo do Água Verde pedia socorro. A mercê de sol, chuva e da falta de atenção dos órgãos públicos, o local pereceu. No campo de futebol de areia, só restou uma trave, o mato tomou conta. Sujeira, areia, terra e até pedras de tamanho considerável, tomaram o espaço que antes era da areia. Essa última aí anda ‘sumidinha’ do campo. E ela deverá continuar sumida!

Mas calma lá! É que o projeto, indicado pelos vereadores Ney Becker e Valmir Trindade e intermediado pelo prefeito, prevê a construção de um campo de futebol 7 no lugar do de futebol de areia. Só que esse projeto não deve seguir os padrões adotados em outras regiões da cidade. Dessa vez, nada de gramado sintético. A grama será natural. O campo também contará com iluminação: uma grande novidade.

O anúncio de que o bairro terá a praça esportiva reformulada já é motivo de empolgação para os moradores. Dona Nilza Cabral reside no Água Verde há 39 anos e está ‘feliz da vida’ com a novidade. “Teremos de volta um bom local para lazer no bairro. O lugar é lindo, só que estava abandonado. Se reformarem será bom pra todos. Ficou muito tempo abandonado, quando estava em bom estado os moradores se reuniam, faziam festa, jogavam, era muito legal”, conta Nilza.

Matheus Pedrozo tem 16 anos e ‘cresceu’ jogando futebol no então campo de futebol de areia. Ele lembra dos tempos em que o lugar estava adequado à prática esportiva. “A comunidade se reunia nos finais de semana para bater uma bola, ‘dava’ uns quatro times. Era muito legal, só que com o tempo e o mau cuidado dos moradores o campo foi se estragando. A drenagem também não ajudava, pois quando chovia, a água levava a areia embora. Do jeito que está não dá pra ficar. O bairro não tem nenhum lugar apropriado para praticarmos um esporte. Estou no aguardo dessa reforma. Gostei da troca do campo de futebol de areia pelo de futebol 7”, comenta Matheus.

Já Yuri Samuel, de 17 anos, acredita que o povo terá que ajudar a cuidar da praça. “Estava mais do que na hora de fazerem isso. Vamos ver como ficará, se terá guarda ou não. As pessoas precisam ajudar cuidar também, era muito bom jogar lá, só que as pessoas não estavam ‘nem aí’ em zelar. Mas fico feliz. Vai ser bom ter um lugar pra jogarmos perto de casa”, disse o jovem.

Pedras, muito lixo e até mesmo pequenos arbustos chamam a atenção no campo. (Juliam Nazaré)

DETALHES

O engenheiro que ficará a cargo da obra é Lucas Yamazaki. Segundo ele, ainda não se tem uma real previsão do início das obras. “Ontem (25) estive no local analisando o que poderá ser feito. Já estou me dedicando ao projeto, que terei que apresentar ao prefeito. Se ele aprovar, a obra irá para licitação e só então será iniciada. É um caminho burocrático”, explica Yamazaki.

O secretário de Esportes, Rafael Nascimento, acredita que o incentivo às atividades esportivas beneficia toda a comunidade. “Tudo que o Berto está fazendo colabora com a população como um todo, não só o setor esportivo, pois a atividade física atrai qualidade de vida, integração e socialização. Agora mais uma área será contemplada, que é a do Água Verde, uma região do extremo da cidade. Temos arenas no Palmeiras, São Miguel e Lago, em breve o projeto ‘Meu Campinho’ chegará ao Presidente Vargas, e também teremos campo de futebol 7 no Água Verde. Isso fortalece a nossa estrutura, se este existisse poderia ter sido usado nos Jarcan´s, por exemplo. Como secretário fico feliz pois o prefeito tem dado muita atenção ao esporte”, enfatiza o secretário de Esportes.

“O povo do Água Verde merece ter um local pra praticar esportes ou simplesmente bater um papo. Pensando nisso, articulamos junto à comunidade e ao vereador Valmir para que o Berto tomasse conhecimento da questão. Deu tudo certo e Berto prontamente anunciou as novas obras”, disse o vereador Ney Becker.

“Já conhecia o dilema dos moradores do Água Verde com essa praça esportiva. O local ficou por muitos anos abandonado e atualmente não dá condições para que a população pratique alguma atividade. Então, resolvi intervir e indicar ao prefeito Berto essa questão. Acredito que em meados de novembro as obras terão início”, destacou o vereador Valmir Trindade.