Variedades

Globo libera reprise de "Porto dos Milagres"

Transmitida originalmente no horário "das oito" em 2001, a trama de Aguinaldo Silva será reapresentada pela primeira vez, só que no Canal Viva, na tv fechada

Grande sucesso do horário ‘das oito’ em 2001, a novela “Porto dos Milagres”, de Aguinaldo Silva – mesmo autor de “O Sétimo Guardião” -, está de volta à telinha, agora no Viva, canal fechado do grupo Globosat.

A trama, que tinha como plano de fundo o realismo mágico, não teve o horário e nem a data de retorno confirmados pelo canal. Vale lembrar que essa será a primeira reprise da novela. Em 2005 e em 2006, a Globo tentou reapresentar a obra no “Vale a pena ver de novo”, mas foi impedida pelo Ministério da Justiça e sua extinta classificação indicativa obrigatória.

Audiência na exibição orignal

“Porto dos Milagres” fechou com 44 pontos de média, considerado bom para a época e excelente para os padrões atuais de público. O último capítulo, exibido em 28 de setembro de 2001 rendeu 60 pontos. Para comparação, “O Segundo Sol”, última novela do mesmo horário, marcou 41 pontos no desfecho final e 33 na média geral.

Camila Pitanga, Marcos Palmeira e Flávia Alessandra em Porto dos Milagres

 

Sinopse

“Porto dos Milagres” é ambientada em uma pequena cidade fictícia da Bahia. O pescador Guma (Marcos Palmeira) é considerado um enviado de Iemanjá por ter sido encontrado, quando criança, num cesto boiando no mar. Na verdade, ele fora abandonado por ser filho de Félix Guerreiro (Antônio Fagundes), um ‘xerife’ da política citadina. O destino de ambos se cruzam no desenrolar dos capítulos.

Destaque para Cássia Kiss na pele da vilã dma, esposa de Félix. Ela levava o público ao assassinar diversos disafetos utilizando um veneno escondido em seu anel.