Tragédia

Helicóptero de Boechat pousava quando foi atingido por um caminhão

O jornalista e o piloto da aeronave morreram carbonizados
O veículo envolvido na tragédia (Foto: Divulgação/G1)

A queda de um helicóptero na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, nesta segunda-feira (11), que matou o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quatrucci carbonizados, colidiu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

Segundo o capitão Paiva, da Polícia Militar, a aeronave tentou pousar no acesso do Rodoanel com a Rodovia Anhanguera quando "um caminhão que havia acabado de passar pela praça de pedágio na faixa do sem parar não teve tempo hábil de frear e colidiu com a aeronave ainda pousando".

"Preliminarmente entende-se que ele [caminhão] estava numa velocidade razoável para baixa porque havia acabado de passar pela praça de pedágio. Era uma faixa do sem parar, mas tinha seu limite de velocidade", disse o capitão. A perícia do acidente é feito pela Polícia Técnica Científica e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Fonte: G1.