Entretenimento

“Não dá pra comparar com nada”, diz diretor do filme Vingadores: Guerra Infinita

A Marvel está construindo seu universo cinematográfico há 10 anos — e essa marca será celebrada com Vingadores: Guerra Infinita, filme que vai juntar todos os heróis do estúdio apresentados até agora.

Só por esse fato já dá para imaginar que o longa terá uma escala gigantesca, mas segundo os irmãos Russo em entrevista ao The Telegraph India, diretores da produção, o tamanho do projeto não pode ser comparado com nada.

Eu não acho que alguém tenha visto algo nesse nível de intensidade com esse nível de risco e de ramificações no Universo Marvel antes. Não dá pra comparar com nada. Se imaginarmos que o Marvel Studios tem escrito um livro pelos últimos 10 anos, então estamos chegando nos capítulos finais. Existem encerramentos e existem novos começos. Eu acho que raramente filmes comerciais vão para o lugar que Guerra Infinita vai, disse.

Vai ter treta? Vai. Vai ter lágrimas? Vai também. Vai ter Thanos descendo a porrada em geral? Com certeza. Já é bom ir se preparando para o turbilhão de sentimentos que esse filme vai causar — mas já diria Roberto Carlos: se chorei  ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi.

Vingadores: Guerra Infinita unirá os heróis de todos os filmes do Universo Cinematográfico Marvel até o momento, como Homem-Aranha, os Guardiões da Galáxia, Doutor Estranho, Homem-Formiga e os próprios Vingadores. A trama vai mostrar o vilão Thanos juntando as Joias do Infinito e declarando guerra contra o Universo.

O longa estreia em 26 de abril de 2018.