Saúde

Prefeitura entrega novo ‘Expresso da Saúde’ e alegra pacientes

O ônibus novo fez uma viagem de inauguração com 27 atendidos, levando-os para fazer seus tratamentos em diferentes regiões do Paraná
Os passageiros ficaram animados com o veículo que possui até elevador (Foto: Assessoria)

Os laranjeirenses que precisam fazer o Tratamento Fora do Domicílio (TFD), agora estão sendo transportados em um ônibus novo. O veículo, adquirido com recursos de emenda parlamentar do ex-deputado Valdir Rossoni em contrapartida do município, garante comodidade, segurança e acessibilidade aos pacientes.

Vinte e sete passageiros fizeram a primeira viagem, na quarta-feira (6), com destino a Campo Largo, Campina Grande do Sul e Curitiba. O retorno aconteceu ontem (7). “Esse não é um fato isolado, integra uma série de medidas que estão mudando para melhor a área da saúde em nosso município”, destaca o prefeito Berto Silva.

 

Máquina de saúde

O novo ônibus possui 44 poltronas, sendo dois para cadeirantes, ar condicionado, banheiro e elevador para auxiliar pessoas com necessidades especiais ou limitação de esforço, assoalho de madeira e bancos impermeáveis na cor azul e laranja.

O secretário de Saúde Valdemir Scarpari, expressou contentamento com o novo recurso garantido pela prefeitura, pois antigamente os atendidos eram levados através da viação Bitur, por meio de um convênio com a Assiscop. “É um veículo totalmente diferente do que havia. Agora faremos três viagens por semana somente com pacientes de Laranjeiras do Sul”, clarifica.

 

Gratidão

A dona Regiane Martins viaja com frequência para fazer tratamento em Curitiba. Ela aprovou o novo veículo. “Gostei. É novo, confortável e garante a segurança de uma viagem tranquila. Sem comparação, muito bom”, comunica Regiane.

Ione Raizel, que já utilizou o transporte quando era feito por uma Kombi, também aprovou a aquisição do novo veículo. “Já passei por poucas e boas. Estou muito feliz, porque não é bom ir daqui para Curitiba fazer tratamento, mas adorei o novo ônibus que oferece mais conforto e tranquilidade”, disse Ione.

 

O programa

O Tratamento Fora de Domicílio é um instrumento legal, estabelecido pela Portaria SAS/Ministério da Saúde nº 055 de 24/02/1999, que visa garantir, por meio do SUS, tratamento a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município de origem, por falta de serviços que possuam tecnologias adequadas, após todos os meios de tratamento na localidade de residência do mesmo. Os tipos de tratamento podem incluir consultas, tratamento ambulatorial, hospitalar e cirúrgico previamente agendado.

 

Hospitais da rota

Na primeira viagem, os pacientes foram levados ao Hospital Angelina Caron (Campina Grande do Sul), Hospital de Clínicas (Curitiba), Hospital Waldemar Monastier (Campo Largo), Clínica Batel (Curitiba), Hospital Pequeno Príncipe (Curitiba), Hospital de Olhos (Campo Largo) e Hospital Evangélico (Curitiba).