Tecnologia

Talli Vieira e Dany Rohsler: as influencers da Cantu

Elas são referências quando o assunto é influenciar pessoas a comprar produtos no Instagram. A profissão antes era conhecida apenas em cidades grandes, mas agora chegou à nossa região
Talli e Dany divulgam os produtos manipulados de uma farmácia de Laranjeiras do Sul (Foto: Andramara Lemonie)

Dany Rohsler, já ouviu falar? E Talli Vieira? Se a resposta for não, então certamente você está por fora do mundo de influenciadores digitais de Laranjeiras do Sul.

As duas, que são amigas e trabalham juntas nesse mundo de influenciar pessoas a comprar alguma coisa, são famosas no Instagram, rede social que mais cresce em todo o mundo.

Dani, é professora de formação, já deu aula por algum tempo, mas há sete anos que trabalha com maquiagem e há três montou o próprio espaço: o Ateliê Dany Rohsler.

No mundo da maquiagem, tudo começou como um hobby, fazendo makes só nos finais de semana, atendendo em salões de amigos até que decidiu abrir meu próprio negócio.

Como começou a influenciar?

Comunicativa e sempre muito simpática, Dany conta que adora falar no seu Instagram sobre maquiagem e se sente muito à vontade para dar dicas, falar sobre algum produto que está usando. “Comecei a comentar sobre um produto que usei para crescimento de cabelo e muitas pessoas passaram a perguntar sobre. Devido ao meu número de seguidores e à grande visualização nos histories, muitas pessoas perguntaram onde eu comprei e como funcionava. Contei onde comprei e a empresa passou a ter muita procura. Depois disso, eles me procuraram, me presentearam com o produto e começaram a me mandar outros. Agora tenho parceria com essa farmácia e outras lojas, onde vou semanalmente e faço propaganda dos produtos deles. O público, além de ser grande, tem confiança porque não falo sobre um produto que eu não usaria. Tudo que tenho, que eu uso no dia a dia, que faz bem, eu anuncio”, revela.

De locutora à influenciadora

Talli Vieira já é conhecida em Laranjeiras do Sul por ir ao ar toda manhã na Rádio Educador FM, com o programa ‘Super Manhã’. Natural de Mangueirinha, ela começou a trabalhar em rádio aos 17 anos, como secretária e após um tempo surgiu a oportunidade de entrar no ar como locutora. Após 4 anos, surgiu a oportunidade para trabalhar como apresentadora de um programa que ia ao ar semanalmente, no facebook, em Mangueirinha. “Minha família é de lá então acabei indo pra minha cidade, trabalhei nove meses na frente do programa Papo Rosa, que me deixou conhecida na região sudoeste e centro-oeste. Em novembro do ano passado o Celso Júnior foi a Mangueirinha, me fez uma proposta e eu voltei pra Laranjeiras, na Rádio Educadora, onde trabalho desde fevereiro”, relata.

Quando ela foi para Mangueirinha tinha menos de 1 mil seguidores, mas desde então ela já falava com o público. “Não lembro o número de visualizações, mas já publicava vídeos, tinha esse contato. Em mais ou menos um ano consegui 4 mil seguidores”, lembra.

Para ela, isso é algo que não tem explicação, porque as pessoas estão todos os dias vendo e ouvindo tanto na rádio quanto na rede social. “Hoje tenho parceiros em ambos os meios. Mostro a loja ou o produto deles e as pessoas acabam comprando porque eu indiquei. Alguns parceiros são apenas da minha rede social, então o Instagram veio pra somar na minha profissão. São mais de 1 mil, 2 mil pessoas chegando todos os dias e isso é um pouco assustador porque as pessoas interagem, compram”, revela. Além disso, segundo Talli, por ser em uma cidade no interior, saber que as pessoas chegam e pedem onde encontrar produto x, é como se fosse um informativo da cidade.

Sobre a parceria que tem com Danny, Talli afirma ser muito feminista, então defende essa união. “Acredito que ninguém é inimigo de ninguém, nós acabamos ganhando seguidores e muitos dos que me seguem também a seguem. O público é muito parecido, então nos ajudamos, somos amigas há um tempo. Ela já foi no meu programa e também trocamos informações, clientes e serviços. Estamos começando. Não temos nem 10 mil seguidores, mas os que temos são fiéis e podemos chegar muito mais longe juntas”, aponta

Carinho do público

Para Dany, passar a ser influenciadora de início foi um susto, pois para ela é como se tivesse conversando sozinha, mas sabendo que várias pessoas a ouvirão. “Pego o celular e vejo as pessoas mandando mensagem, falando que comprou ou pedindo recomendações. Tenho um local mais restrito, é claro, então as pessoas me pedem sobre maquiagens. Que base você acha que seria bom pra minha pele, onde eu compro. Elas dizem e eu indico lojas e produtos. As coisas que eu uso, elas vão me dando um retorno, me respondem dizendo que compraram e é muito legal!”, relata.

Serviço

Para contratar Dany ou Talli ou ainda as duas, basta chama-las pelo direct (bate-papo do Instagram) que elas passam as informações necessárias.