Educação

UFFS desenvolve estudos com cultivares de morangueiro na Cantu

(Foto: Assessoria)

O Grupo de Pesquisa em Horticultura, da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul, desenvolve pesquisas com a cultura do morangueiro na Região da Cantuquiriguaçu, desde 2016. Os experimentos possuem enfoque no sistema orgânico de produção.

Conforme relata a docente e coordenadora do Grupo de Pesquisa em Horticultura, Cláudia Lima, "a cultura apresenta potencial para região com ampliação da área plantada e consequentemente aumento da demanda de pesquisas com a cultura. As linhas de pesquisa estão relacionadas com adaptabilidade de cultivares, manejo, proteção fitossanitária e pós-colheita das frutas".

Cláudia comenta que "atualmente estão sendo desenvolvidos experimentos com morangueiros conduzidos em sistema orgânico de produção em sistema fora de solo. As pesquisas foram e/ou estão sendo apoiadas por editais de fomento Agroecologia (681/UFFS/2017), Projeto de implantação do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) em Agroecologia e Produção Orgânica da Região da Cantuquiriguaçu (Chamada MCTIC/MAPA/MEC/SEAD – Casa Civil/CNPq Nº 21/2016) e Convênio CAV-UDESC".

Uma das pesquisas desenvolvidas aborda o uso de ácido salicílico e seus efeitos no cultivo e pós-colheita. Nas pesquisas realizadas com a cultivar Milsei-Tudla, verificou-se que aplicações quinzenais de ácido salicílico propiciaram maior número de frutas. Quanto aos efeitos do uso do ácido salicílico na pós-colheita das frutas de morangueiro cultivar Milsei-Tudla foi identificado o maior diâmetro.

Conforme relata a docente, "a aplicação ácido salicílico durante o cultivo promoveu alterações fisiológicas e físico-químicas em frutas de morango cultivar Milsei-Tudla, apresentando-se como uma alternativa aos produtores devido seu baixo custo de aquisição, fácil aplicação e não apresentar impedimentos à agricultura orgânica", explica.

Outra pesquisa desenvolvida refere-se ao manejo da cultura fora de solo, utilizando mudas de morangueiro do cultivar San Andreas, avaliando posicionamentos de slabs nas bancadas e densidade de plantio. A pesquisa evidenciou que a menor densidade de plantio influenciou positivamente no crescimento, desenvolvimento e produtividade individual das plantas. Já para as características físico, químicas e fitoquímicas das frutas no posicionamento do slab na vertical e menor densidade de plantio proporcionou frutas com qualidade superior.

Outra pesquisa desenvolvida buscou verificar a adaptabilidade e potencial do cultivo na região de diferentes cultivares de morangueiro originárias da Itália. Cláudia salienta que "as estimativas de produtividade obtidas para todos os cultivares estão dentro do esperado para a realidade do cultivo na região e adaptadas as condições edafoclimáticas de Laranjeiras do Sul".

Também foram desenvolvidos experimentos relacionados à proteção fitossanitária e eficiência do uso dos extratos para controle de insetos e doenças, os quais foram abordados no trabalho de conclusão do Curso de Agronomia, da acadêmica Ágatha G. A. Trindade.
 

Encontro Técnico da Cultura do Morangueiro


Visando difundir conhecimentos sobre a cultura do morangueiro e sua potencialidade de produção na região, será realizado no dia 13 de novembro, na UFFS – Campus Laranjeiras do Sul, o 2º Encontro Técnico da Cultura do Morangueiro na Região da Cantuquiriguaçu. Os interessados podem obter mais informações na página do evento, cuja programação inclui palestras e minicursos.
 

Pesquisas


Confira a relação de trabalhos de conclusão de curso, desenvolvidos na UFFS – Campus Laranjeiras do Sul, que abordam a cultura do morangueiro:

- Ácido salicílico na produção de morangueiro em substrato. Acadêmica: Karlise Moraes de Liz.
- Ácido salicílico no desenvolvimento de plantas e nas características físico-químicas de frutas de morango "Milsei-Tudla". Acadêmico: Fernando Trevisan.
- Crescimento, desenvolvimento e qualidade das frutas de morangueiro 'San Andreas' em diferentes posicionamentos de SLAB e densidades de plantio em sistema de cultivo em substrato. Acadêmica: Elizandra de Oliveira Franco.
- Fenologia, produção e produtividade de cinco genótipos de morangueiro nas condições edafoclimáticas do município de Laranjeiras do Sul – PR. Acadêmica: Pricila Moritz.

Cláudia relata que "atualmente estão sendo desenvolvidos dois TCCs relacionados à cultura do morangueiro, que abordam extratos vegetais e diferentes genótipos em cultivo de morangueiro fora de solo no sistema orgânico de produção, dos acadêmicos Ágatha e Marcos".
 

Grupo de Pesquisa em Horticultura


Participam do grupo os acadêmicos do Curso de Graduação em Agronomia Ágatha Trindade, Bruna Pacheco, Cintia Hilatchuk, Daniele Scheffer, Felipe Campos, Gabriel Lima, Hullian Rabel, Jéssica Rauana, Juliana Vaz, Laisa Oliveira, Larissa Demetrio, Larissa Troni, Lucas Alvarenga, Lucas Prado, Marcos de Souza, Matheus Oliveira, Naiara de Oliveira, Pedro Girotto, e a docente Cláudia Simone Madruga Lima.