Perto de Deus - Padre Wieslaw
Bens materiais

Nós homens e mulheres somos criados por Deus a partir de dois elementos:
Um elemento é espiritual que é a nossa alma.
Segundo elemento é material que é o nosso corpo.
Temos que cuidar estes dois elementos. A nossa alma cuidamos pela prática da religião. O nosso corpo cuidamos pelo trabalho físico e intelectual fornecendo a ele coisas materiais. Acontece, que a maior parte do tempo dedicamos aos cuidados do nosso corpo. Ele precisa de comida, de roupas, de uma casa, de remédios, de sono, de descanso.  A história da nossa vida do nosso corpo é rica em maravilhosas invenções e produções de todo o tipo. Temos que constatar que os bens materiais têm muita influência para o nosso comportamento e conduta da nossa vida. A Sagrada Escritura em muitos lugares apresenta o lado bom e o lado ruim dos bens materiais. O lado bom é que pela distribuição dos bens materiais para os necessitados recebemos de Deus um generoso “pagamento” a Vida Eterna no Céu. Podemos at&eac ute; dizer que pelos bens materiais podemos “comprar” um lugar no Céu.
Uma vez Jesus Cristo falou: “Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, ele se assentará em seu trono glorioso. Todas as nações da terra serão reunidas diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos.  E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos, à sua esquerda.  Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai! Recebei em herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo!  Pois eu estava com fome, e me destes de comer; estava com sede, e me destes de beber; eu era forasteiro, e me recebestes em casa; estava nu e me vestistes; doente, e cuidastes de mim; na prisão, e fostes visitar-me’.  Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede, e te demos de beber?  Quando foi que te vimos como forasteiro, e te recebemos em casa, sem roupa, e te vestimos?  Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?’  Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade, vos digo: todas as vezes que fizestes isso a um destes mais pequenos, que são meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’  Mt.25.31-40
Por isso temos que bem administrar os bens materiais. É importante, com eles praticar caridade fraterna, ser solidário com necessitados, ajudar os menos favorecidos. Se cumulamos os bens materiais só para nós, não ganharemos o Céu. “E Jesus tornou a falar: “Filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus!  É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!” (Mc.10.24-25)            
O exemplo do mau uso dos bens materiais é Judas Iscariotes, um dos Apóstolos de Jesus Cristo.  A avareza tomou conta dele até o ponto de vendeu próprio Mestre Jesus Cristo. Como é importante não perder o juízo e não se deixar tomar pela ganância. 
“Um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os sumos sacerdotes e disse: “Que me dareis se eu vos entregar Jesus?” Combinaram trinta moedas de prata.  E daí em diante ele procurava uma oportunidade para entregá-lo.” (Mt.26.14-16)
O Meu Jesus Cristo, me defenda da ganância material, mas me ajude a ter ganancia de Ti, isto é, viver praticando amor fraterno conforme Senhor nos ensinou. “Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros.” Amém.