Perto de Deus - Padre Wieslaw
Paz Divina   

“Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, os discípulos estavam reunidos, com as portas fechadas por medo dos judeus. Jesus entrou e pôs-se no meio deles. Disse: “A paz esteja convosco”. (Jo.20.19)
É interessante, que no primeiro encontro com os seus discípulos, depois da sua ressurreição, Jesus Cristo fala sobre a paz. Jesus Cristo os assegura, que a paz esteja com eles. Varias vezes Jesus Cristo falava da paz. 
 “Mas o Defensor, o Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará tudo e vos recordará tudo o que eu vos tenho dito.  Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não é à maneira do mundo que eu a dou. Não se perturbe, nem se atemorize o vosso coração.” (Jo.14.26-27)
Será que a notícia de que Jesus Cristo traz a paz para os seus seguidores é importante? Não há dúvida, que sim. A paz em todos os sentidos, é indispensável para a nossa felicidade. A pessoa humana quer a paz com todas as pessoas, especialmente com aquelas, que a acompanham. Pois a falta de paz está onde existe a guerra. É insuportável viver em guerra permanente com os vizinhos. A situação de guerra causa muitas doenças, tira a vontade de viver mais. A vida sem a paz se torna uma desgraça. A pessoa em guerra quer sumir deste mundo.
Também é insuportável a vida sem a paz no interior da nossa alma. Vários pensamentos, desejos, aflições nos deixam inquietos, perdemos o sono. A vida sem a paz é um martírio.     
Ao contrário, a vida na paz interior e exterior é uma alegria e uma grande felicidade. Da  vontade de se abraças com todos. 
Analisando bem o assunto da paz com facilidade constatamos que ela é insubstituível na vida feliz. Agora é fácil entender Jesus Cristo, por que Ele avisa em primeiro lugar que com Ele chega a nós a paz. Ele quer nos ver felizes e para isso quer, que alcancemos a paz. E Ele garante, que não é qualquer “paz”, mas a paz dele.  Pois não há verdadeira paz  onde ela é  imposta com força. A paz de Jesus é a paz motivada pelo amor fraternal de todos os seres humanos. “Vi então um novo céu e uma nova terra. Pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, descendo do céu, de junto de Deus, vestida como noiva enfeitada para o seu esposo.  Então, ouvi uma voz forte que saía do trono e dizia: “Esta é a morada de Deus-com-os-homens. Ele vai morar junto deles. Eles serão o seu povo, e o próprio Deus-com-eles será seu Deus. Ele enxugará toda lágrima dos seus olhos. A morte não existirá mais, e não haverá mais luto, nem grito, nem dor, porque as coisas anteriores passaram”. (Ap.21.1-4)
No novo mundo vai reinar a paz. Mas podemos alcançar a paz e neste nosso mundo. Vivendo com Jesus Cristo no coração se vive na paz. Vale a pena evitar o pecado grave para não expulsar Jesus Cristo do meu coração e não perder a paz. 
“Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.” (Mt.5.9)
Jesus nos incentiva a semear a paz. Ele garante o Céu para estas pessoas que semeiam a paz, pois chama estas pessoas “filhos de Deus”.
Meu Bom Jesus, Te imploro, fique comigo sempre, para que eu tenha a paz no meu coração, pois já experimentei a vida sem paz. Viver sem a paz só nos faz chorar. Jesus Cristo, meu Querido Irmão imploro, poupe as minhas lagrimas. Ajude, que eu viva na paz. Amem.