Ambiente de sucesso - Angela Scarcelli
Quarto de Bebê! Parte 1 – Meninos

Ah, como é bom! É uma delícia! E dessa vez não vou falar de brigadeiros! Planejar o quarto de quem está por vir, imaginar seus gostos e o que mais lhe chamará a atenção! Uma telinha em branco que, aos poucos, vai se colorindo!

Quem já é mamãe ou papai, sabe o quanto a mudança na rotina é considerável quando chega um bebê! E para quem não é ainda, seja bem-vindo ao amor incondicional! Com um planejamento em mãos, tanto de ideias quanto de gastos, a chegada de um bebê na família é sempre doce!

Simplicidade! Palavra-chave para iniciarmos a composição de qualquer ambiente infantil! Hoje, vou falar sobre tendências em decoração, mas nada vale acompanhar tendências se você não gostar da “tela” que está pintando! Se não é de tendências, combine seus gostos com dicas de conforto e organização que também vou te dar aqui!

Para o quarto do seu príncipe prestes a chegar, podemos combinar o aconchego dos tons de madeira clara com a combinação de cores cinza e amarelo, cinza e azul ou cinza e verde água que desde o ano de 2018 estão em alta! Escolhendo a combinação de cores que você mais ama, podemos agora nos divertir com texturas!

Em um quarto de bebê, as texturas podem estar presentes em almofadas, tapetes e itens de decoração. Atualmente, não é difícil encontrar itens que, mesmo em tecido, são laváveis e antialérgicos. Escolha de 3 a 5 itens, de acordo com o tema, para brincar com as texturas! Eles podem ser colocados em nichos e poltronas, dando presença de cor em ambientes com tons neutros.

Tema a ser escolhido? Nuvens, sonhos e animais combinados a itens geométricos e luzes, vão fazer sucesso com os pequenos! O tema pode ser evidenciado em quadros de MDF coloridos ou naqueles itens com textura, papel de parede e até mesmo em tapetes.

O estilo queridinho é o montessoriano! Consiste na composição do quarto infantil pensando na autonomia das atividades da criança, como por exemplo, descer e subir de seu local de dormir, escolher o brinquedo que quer brincar, livros que quer folhear... Por isso o projeto leva móveis baixos e acima de tudo, seguros! Além de barras presas a parede para estimular a criança a ficar em pé sozinha.

Além do montessoriano, pode apostar em estilos que abusam de traços retos nos móveis! Assim, não tenha dúvidas de que seu filho terá um quarto decorado para usar por alguns anos! Aí então, com o passar do tempo, é só trocar os itens de decoração!

Para falar em praticidade e organização, vale investir em colmeias (aquelas de tecido ou TNT), pois fazem aproveitar todo o espaço das gavetas, além de deixar a mostra tudo o que tem dentro delas! Desde meias e luvinhas até macacões, você pode colocar em vários tamanhos de colmeias, dependendo da quantidade de gavetas que você tem.

As cômodas são grandes amigas dos quartos infantis! Mas se ainda assim puder investir em um armário, vale a pena! Lá você vai guardar os cobertores, lençóis, fronhas e outros itens maiores que não iriam para a cômoda. No projeto do armário, pode colocar algumas prateleiras para organizar os calçadinhos!

Pronto! Quarto planejado! Agora é só aguardar! Essa “doce espera” que dá sentido à nossa vida!

“Engana-se quem acredita que o projeto encarece o processo de composição do ambiente. Todo planejamento na vida te faz economizar dinheiro e paciência!", Angela Scarcelli.