Observatório - Victor Rivas
Quem é você?

Quem é você?

A primeira resposta sempre é: eu sou Rafael de Souza, médico, professor, advogado, arquiteto, o mundo capitalista está ligado à profissão e status. Realmente temos a tendência de nos identificar mais com nossos papéis sociais do que com nossa essência. O nosso vazio existencial muitas vezes quer sufocar essa pergunta, por isso nos entregamos ao consumismo, ao trabalho, ao entretenimento vazio, nos perdemos e aceitamos todos os anestésicos possíveis que a vida nos oferece. Consumimos um sistema de vida que nos consome e onde achamos que as respostas serão saciadas e quando ficamos sozinhos no quarto, na cama, percebemos o quanto estamos vazios.

Eu sei da saída

Muito cuidado com aquele que lhe diz: me siga que eu te mostro o caminho, eu sei da saída, as coisas da vida aprendemos só vivendo, não com conselhos de alguém que não conhece a sua realidade. Aos poucos você irá descobrir o que vale e que não vale a pena em sua vida, tem relacionamentos que agregam coisas positivas, outros lhe achatam, lhe machucam, lhe destroem. O mundo moderno nos obriga a fazer coisas que não queremos, nos ensinam a morrer pelo ter e não pelo ser. Palestras motivacionais são representadas por pessoas bem vestidas, engomadinhas e engravatadas que gritam desesperadamente passando regras de como você ser um bom operário, para alcançar metas e mais metas para conseguir comprar a sua casa própria, seu carro novo que lhe dê status mesmo que você perca a vida se arrastando atrás dos seus sonhos materiais.

Deva o máximo

Deixe a vida passar e deixe de ser você, sendo refém do banco por 5 ou 10 anos; não é pra parar de trabalhar nem de sonhar, mas mude as suas prioridades. A vida pertence aos que investigam, ela não pertence ao estático; ela pertence ao que flui. Somos intoxicados pelo materialismo e consumo de coisas que são tão insignificantes, "uma vida não questionada não merece a pena ser vivida", apenas fazendo uso do próprio entendimento podemos sair da mediocridade, do rebanho que imita sem questionar. "O homem deve aprender a andar sozinho" não há resposta pronta, a resposta se desenvolve dentro de você. Pare, se aquiete, olhe e ouça, tente sair desse fluxo imbecil, preste atenção ao seu redor, às pessoas, das coisas que já lhe aconteceram ou não e aos poucos você saberá por onde ir, talvez isso seja a voz da consciência madura. A vida do homem não é nada mais do que um breve momento onde as pessoas nascem, riem, choram, lutam, são feridas, sentem alegria, tristeza, odeiam alguém, amam alguém e saem de cena.

A minha caneta anotou

O abraço para todo o pessoal da Glória modas na rua XV de Novembro que sempre prestigiam este espaço. As boas ofertas semanais do supermercado Rede Lar no comando da família Cruchinski. O grande e constante movimento na farmácia do competente Marquinho onde a qualidade é comprovada.  As ofertas semanais da Comercial Virmond na liderança na área de materiais de construção e tintas. Os bons produtos da erva mate Becker para chimarrão e tereré.. A última geração em tecnologia com a qual conta o laboratório Modelo da família Pavan para realizar os seus exames de análises clínicas. A simpatia e o bom atendimento do casal Luciano e Vanessa da Microlan informática além dos bons preços. Parabenizo o grupo de funcionários e o proprietário Rodrigo da panificadora fábrica Fornello pelo ótimo atendimento, além dos deliciosos produtos. Desejo as boas vindas no novo cargo como diretor do colégio Laranjeiras ao professor Rogério Pavan. Lhe desejo muito sucesso nessa nova caminhada.