Conheça as áreas experimentais da UFFS – Campus Laranjeiras do Sul

Aplicar e testar na prática o conteúdo teórico estudado em sala de aula. Este é o principal objetivo das Áreas

Aplicar e testar na prática o conteúdo teórico estudado em sala de aula. Este é o principal objetivo das Áreas Experimentais, espaços disponibilizados para abrigar uma série de experimentos ligados aos cursos de Agronomia, Engenharia de Aquicultura, Ciências Biológicas, Licenciatura Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza e Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, ofertados na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul.

O Campus Laranjeiras Sul possui uma área total de 90 hectares (ha), sendo que aproximadamente 31,5 ha deste espaço correspondem às Áreas Experimentais, principalmente pela parte de campo, já disponível para utilização.

As Áreas Experimentais permitem que estudantes e professores possam desenvolver experimentos e pesquisas diversas, como, por exemplo, comparar como uma determinada planta se comporta em diferentes condições de manejo. Também é possível produzir, através de estudos, novos métodos de cultivo.

Conforme explica o coordenador adjunto das Áreas Experimentais do Campus Laranjeiras do Sul (CAAEX-LS), Renato Paulo Glowka, “o espaço permite uma infinidade de experimentos agrícolas, de Aquicultura e, futuramente, de avicultura e ovinocultura, para atividades práticas dos cursos ou para desenvolver novas tecnologias. E, a partir da finalização da construção da Estação de Aquicultura, outras possibilidades se abrem para a realização de estudos e pesquisas ligados à Aquicultura”.

As Áreas Experimentais do Campus Laranjeiras do Sul, após a implantação completa, com estruturas adequadas para as diferentes áreas, serão compostas dos seguintes setores: a) Olericultura, Plasticultura (casas de vegetação) e Viveiros (área de 4,90 ha); b) Produção Animal – Avicultura de Corte e Ovinocultura (aproximadamente 8,2 ha de área de forragem e 0,9 ha de instalações e manejo); c) Fruticultura (4,2 ha); d) Área de culturas anuais – lavoura (8,0 ha); e) Sistema Agroflorestal (2,80 ha); f) Galpão de Máquinas e Implementos (500 m² de área construída e 5.700 m² de pátio externo); g) Estação de Aquicultura (aproximadamente 10 ha).

Além da parte de campo, as Áreas Experimentais contam com uma série de equipamentos, máquinas e estruturas, entre eles: galpão de máquinas, estufa e casa de vegetação, trator, pulverizador, grade, arado, escarificador, roçadeira, encanteiradora, perfurador de solo, distribuidor centrífugo de fertilizantes a lanço, distribuidor de calcário, reboque de carretão, trilhador de parcelas, semeadora de precisão para sementes grandes, entre outros. Dispõem ainda dos seguintes recursos humanos: dois técnicos em Agropecuária, uma médica veterinária, um engenheiro agrônomo, um engenheiro de Aquicultura, um tratorista e um trabalhador de serviços gerais (os dois últimos terceirizados).

Sobre os próximos desafios das Áreas Experimentais, Glowka comenta: será necessário concluir o cercamento do restante da área, que abrange: avicultura, fruticultura, ovinocultura, hortas, Sistema Agroflorestal (SAF’s) e Aquicultura; finalizar a obra do galpão de máquinas, adequando para armazenamento dos equipamentos e alocação dos técnicos para um melhor atendimento; estruturação hidráulica, elétrica e meios de acesso (estradas) de toda a área; e construção de galpão de apoio e laboratório para a Aquicultura.

Como funciona nossa coluna:

Tem uma dúvida referente ao funcionamento da UFFS? Sobre nossos cursos? Dúvidas referentes ao seu empreendimento, negócio, propriedade rural, sua vida financeira? Nos encaminhe! Buscaremos um especialista no assunto entre os nossos servidores, docentes e técnicos-administrativos, que responderá seu questionamento nas próximas edições da coluna.

Sua dúvida poderá motivar a criação de um projeto de pesquisa, extensão ou cultura. Esses projetos são desenvolvidos por professores, técnicos-administrativos e estudantes da UFFS, e podem ser propostos a qualquer momento, através da demanda espontânea. Participe e colabore com o desenvolvimento da ciência.

Te esperamos na próxima semana, aguardamos sua participação!

Você pode mandar suas dúvidas aqui: WhastApp: (42) 99999-9732
E-mail: [email protected]