Pai Nosso

Um dos discípulos de Jesus um dia pediu: “Senhor, ensina-nos a rezar”. (Lc.11.1) E Jesus Cristo ensinou a oração do

Um dos discípulos de Jesus um dia pediu: “Senhor, ensina-nos a rezar”. (Lc.11.1) E Jesus Cristo ensinou a oração do “Pai Nosso” ( Mt.6.9-13)

 Pai Nosso que estais nos céus,

santificado seja o vosso Nome,

venha a nós o vosso Reino,

seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje,

perdoai-nos as nossas ofensas

assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido,

e não nos deixeis cair em tentação,

mas livrai-nos do Mal.

Esta oração é de grande valor pois é ensinada pelo próprio Jesus Cristo. Vamos um pouco analisa-la para melhor entende-la.

1) “Pai Nosso” – Com a expressão “Pai” o Senhor nos avisa, que temos com Ele uma fortíssima união. Não existe uma união mais forte do que “pai-filho”. A expressão “Nosso” destaca, que devemos a rezar nossas orações em comum e por todos os nossos irmãos. Pois Jesus Cristo não ensina a rezar “Meu Pai” mas “Nosso Pai” para que a nossa oração abranja todos os irmãos e as irmãs. Pois todos somos uma só família de um só Pai.

2) “que estais nos céus” – Temos que lembrar que os céus são a Casa do Pai, uma verdadeira nossa pátria para onde nos dirigimos e ela nos espera.

3) “santificado seja o vosso nome” – Pela nossa vida correta o nome do Pai é santificado por nós e em nós.

4) “venha a nós o vosso Reino” – O Reino de Deus vem sobretudo na Eucaristia e ele está agora se firmando no meio de nós. Mas o Reino em sua glória virá  quando Cristo o restituir a seu Pai.

5) “seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu.” – É Vontade de nosso Pai que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. (1Tm.2.3-4)

6) “O pão nosso de cada dia nos dai hoje,” – Com toda a confiança nos dirigimos a Deus, pois Ele é o nosso bondoso Pai e nos sustenta. “Ele faz nascer o seu sol igualmente sobre maus e bons e cair chuva sobre justos e injustos.”  (Mt.5.45) Por que o pão “nosso”? Trata-se de fraternidade. O pão não é “meu” é nosso. Ele é para todos, para que ninguém passe fome. Este pedido vale também para satisfazer outra fome, a fome espiritual. Jesus Cristo falou: “Não se vive somente de pão, mas de toda palavra que sai da boca de Deus”. (Mt.4.4)

7) “perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido” – Nosso pedido de perdão não será atendido por Deus, se não cumpriremos a uma exigência. Dar o perdão aqueles que nos ofenderam. O perdão dá o testemunho de que em nosso mundo, o amor é mais forte que o pecado.

8) “e não nos deixeis cair em tentação,” – Nós a Deus pedimos, que não nos deixe enveredar pelo caminho que conduz ao pecado.

9) “mas livrai-nos do Mal.” – Jesus na última ceia rezou ao Pai: “Não Te peço que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno.” (Jo.17.15)

Ó, Bom Jesus! Peço que a oração do “Pai Nosso” me mantenha unido ao Pai celeste e me torne seguro na caminhada para o Céu. Amém.