Poucas & Boas

Tá fazendo A prefeita de Goioxim, Mari Terezinha transformou o município em um canteiro de obras. Estão sendo feitos investimentos

Tá fazendo

A prefeita de Goioxim, Mari Terezinha transformou o município em um canteiro de obras. Estão sendo feitos investimentos em vários setores. Uma das obras que chamam a atenção de quem visita a cidade é a ciclovia no trecho em que a PR 364 corta a cidade. Esta obra vem atender uma reivindicação antiga da população que clamava há anos por esta obra, tendo em vista os inúmeros acidentes, alguns com mortes, ocorridos naquele trecho.

Gaeco I

Uma operação do Gaeco, deflagrada esta semana, que investiga duas empresas que atuam com coleta e reciclagem de lixo foi deflagrada em Laranjeiras do Sul, chamou a atenção do Paraná e foi tema de reportagens nos principais sites e jornais do Estado. Tive a oportunidade de entrevistar o coordenador do Gaeco, Leonir Batisti. O coordenador afirmou que além de fraude à licitação, a operação também investiga a prática de cartel, corrupção ativa e passiva e crimes contra o meio ambiente.

Gaeco II

Uma das empresas investigadas é a Sabiá Ecológico que prestou serviço em Laranjeiras até 2014. A administração Berto Silva, divulgou uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido. O comunicado deixa claro que a empresa que ganhou a última licitação e atualmente é a responsável pela coleta de lixo em Laranjeiras, não está citada nas investigações. De acordo com a nota, o contrato está exatamente dentro do que estabelece a legislação e que o período investigado é da administração antecessora.

Gaeco III

O advogado que responde juridicamente pela Sabiá Ecológico, Alexandre Salomão, em entrevista concedida a este escriba, criticou a forma com que o MP vem tratando o caso. Salomão definiu a Operação Container, com uma ação pirotécnica e que reflete negativamente na imagem da empresa. Segundo ele, já foi alvo de processo, cujas investigações a isentaram de outras acusações infundadas, a exemplo do que está acontecendo.

Parabéns!

Temos que enaltecer aqui o tratamento dispensado pelos funcionários do Gaeco, com a imprensa. Diferentemente de alguns órgãos do judiciário, os atendentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, são exemplos de educação e cortesia com a imprensa. Relatei este atendimento exemplar ao coordenador Leonir Batisti. Em extensão aos demais servidores, o parabenizei.