Os múltiplos papéis da mulher e seus desafios

Por Winnie Lukeni da Costa, psicóloga, colaboradora do Conselho Regional de Psicologia de SC

As mulheres ocupam lugares e desempenham papéis que demonstram as conquistas ao decorrer dos anos, mas, em contrapartida, desempenham uma sobrecarga emocional e uma grande necessidade de serem bem-sucedidas para manterem seus direitos e conquistarem ainda mais espaços.

Contudo, ainda esbarram em dificuldades que afetam o próprio domínio sobre si e sua saúde mental. Falta o olhar cuidadoso sobre si e sobra a sobrecarga e, com isso, a valorização de suas conquistas torna-se mais difícil. Sendo assim, sem saber onde buscar ajuda nesse processo de transformação, as mulheres acabam se refugiando no seu mundo de auto cobrança.


Para que de fato possam ser celebrados os direitos já conquistados, é necessário
gerar uma reflexão crítica e ético-política de si na apropriação dos seus direitos enquanto mulher, independente de cor, etnia, gênero, profissão, condição econômica, de saúde e de tantos outros fatores.

As inúmeras demandas enfrentadas por muitas mulheres que buscam se realizar de maneira integrativa na sociedade podem ser ressignificadas através da psicoterapia.

Logo, a psicologia neste ponto surge como impulsionadora de direitos, tendo em vista, que a psicoterapia aplicada por um(a) profissional de psicologia promove um espaço de cuidado e lugar de autoconhecimento que auxilia mulheres que estão passando pelo processo de sobrecarga.

Ajuda, ainda, as que não se sentem valorizadas e pertencentes aos processos de transformações e conquistas nos dias atuais. Como março é o mês de celebrarmos as conquistas das mulheres, vamos pensar sobre estas questões?

* Com a colaboração de Leilane M. Perini, psicóloga

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail