“Dia do Paraná” A proposta do deputado Luiz Fernando Guerra (PSL), de celebrar o “Dia do Paraná”, foi aprovada e

“Dia do Paraná”

A proposta do deputado Luiz Fernando Guerra (PSL), de celebrar o “Dia do Paraná”, foi aprovada e no próximo dia 29, domingo, o Estado do Paraná poderá comemorar a data. A data foi efetivada no Calendário de Eventos do Estado e objetiva resgatar a memória histórica da emancipação, seu significado político e sua relevância para consolidar a integração sociocultural dos paranaenses. “Dia 19 de dezembro é importante para o Estado, porém, foi em 29 de agosto que o Paraná nasceu, e a partir de então se tornou o que é. É nossa função como legisladores manter a história viva”, pontua o deputado Guerra.

Praça da discórdia

O prefeito de Cascavel Leonaldo Paranhos confirmou que conversou com o presidente Jair Bolsonaro, em Brasília, sobre a praça de pedágio entre Cascavel e Toledo. “Ele relatou que esse estudo está no Ministério da Infraestrutura, com o Ministro Tarcísio Gomes de Freitas. Eu não voltei com a resposta de sim ou não, mas nós acreditamos que será possível tirar a praça entre Cascavel e Toledo”. Segundo o prefeito, Bolsonaro tem recebido várias demandas em relação à praça que está causando um movimento intenso entre as duas cidades.

Que venha 2022!

Guto admitiu, em evento na cidade de Carlópolis, que tem sido procurado por lideranças de todos os segmentos pedindo que concorra ao cargo de senador, que terá apenas uma vaga disponível, com a saída do então senador Álvaro Dias. O mandato é de oito anos, o maior do país. O pleito está marcado para o dia dois de outubro de 2022. “Prefeitos e vereadores principalmente têm me procurado, mas quem decidirá será o governador Ratinho Junior”, afirmou.

Malas prontas

Criada em 2019 na cidade de Maringá, pelo geógrafo Mateus Felini, a startup Datlo, empresa especialista em a serviço de análise de dados para as áreas de vendas e marketing de grandes empresas, chamou a atenção do Vale do Silício. A companhia foi selecionada para a última turma da aceleradora americana Y Combinator, que investiu US$ 125.000 no negócio. “Viemos de uma cidade do interior do Brasil, não temos dinheiro. Estar na Y Combinator nos dá confiança de que temos um bom produto, bons funcionários e podemos ser gigantes”, diz o economista Naamã Mendes Júnior, um dos sócios da startup.

Vacinação obrigatória

A Prefeitura de Curitiba publicou o decreto municipal que torna obrigatória a vacinação contra a covid-19 dos servidores municipais da capital. O decreto ressalta que cabe ao município assegurar o direito à saúde da população e que cabe aos gestores estabelecerem procedimentos para impedir a propagação de doenças transmissíveis na cidade. A medida acata orientação do Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde e tem como objetivo reforçar a imunização dos mais de 28 mil servidores ativos em Curitiba.

Porto próprio

A cooperativa paranaense Coamo, com sede em Campo Mourão, está planejando construir um porto próprio no município catarinense de Itapoá, perto de um terminal privado já existente. O novo porto já tem terrenos comprados há mais ou menos seis anos e, no momento, está em fase de estudos ambientais. O porto da Coamo será de graneis (grãos/farelo); óleo bruto de soja e importação de matéria-prima para fertilizantes por meio de parceiros. O investimento aproximado do novo porto é de cerca de R$ 800 milhões.

Prestígio

Deputado Filipe Barros (PSL) conseguiu que 5 prefeitos tirassem fotos com o presidente Jair Bolsonaro e expusessem seus pleitos na última quarta, no gabinete presidencial. Os prefeitos de Uraí, Bandeirantes, Bela Vista do Paraíso, Tamarana e Primeiro de Maio, mais 3 vereadores de Goioerê e Uraí, tiveram a honra de apertar a mão do presidente. Bolsonaro determinou ao Ministro do Turismo que visitasse Londrina e Primeiro de Maio para uma agenda de trabalho ainda em setembro.

Embate

Dois advogados eleitorais paranaenses atuaram no TSE no processo de cassação do diploma de deputado federal do londrinense Emerson Boca Aberta. Leandro Souza Rosa, advogado do ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio defendeu a tese vitoriosa, derrotando Guilherme Gonçalves, escolhido pelo PROS de Boca Aberta pelo placar de 7 a 0.

Posse

O retorno de Osmar Serraglio será na primeira sessão da Câmara dos Deputados após a oficialização da retotalização dos votos de 2018, excluindo os de Boca Aberta pelo TRE do Paraná. Espera-se que já na segunda ou terça-feira ocorra a posse de Serraglio em Brasília, que seguirá de Umuarama direto para o Planalto Central.

Conecta 2021

O inicio do maior evento de inovação do Paraná, o Conecta 2021, foi marcado pela divulgação dos vencedores do Prêmio Habitats PR de Inovação, promovido pelo Sebrae/PR com apoio da Reinova (Rede Paranaense de Incubadoras e Aceleradoras). Na Região Oeste, na categoria ‘Em Desenvolvimento’, os vencedores foram a startup Netword Agro e a Incubadora Municipal Bernardino Zelindo Barbieri, de Palotina. Já na categoria ‘Consolidados’, os vencedores foram a Incubadora de Inovações Tecnológicas da UTFPR em Medianeira e a startup SWA Sistemas.

Contas migradas

As contas nas quais aposentados e pensionistas recebem o crédito de benefícios do Governo do Estado serão migradas para o Banco do Brasil. Aposentados e pensionistas que já são correntistas do Banco do Brasil terão suas contas regularizadas automaticamente e quem optar pela portabilidade, no momento da validação da conta, deverá informar a instituição bancária e número da conta de destino do crédito. A migração completa deve ser concluída até o dia 15 de outubro

Interferência política

O delegado Felipe Leal, que conduz as investigações sobre suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal, está apurando atos administrativos do chefe da corporação, o diretor-geral Paulo Maiurino. O delegado vai analisar os atos administrativos do diretor-geral que levaram à troca de delegados que atuaram em investigações envolvendo Ricardo Salles, ex-ministro de Meio Ambiente.

Política de privacidade

WhatsApp deve atualizar política de privacidade no Brasil após pedidos de órgãos públicos. As alterações devem ser apresentadas até o dia 31 de agosto e ainda serão discutidas em conjunto com a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), o Ministério Público Federal (MPF) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A nova política de privacidade que do App previa o compartilhamento de mais dados com o Facebook, no início do ano.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail