2021 vai marcar a história de Laranjeiras

“ 2021 será marcado pela visita de alguns dos principais jogadores, técnicos e clubes do Brasil a Laranjeiras do Sul”

Laranjeiras do Sul viverá em 2021 um momento ímpar. A cidade, que hoje tem 32 mil habitantes, já esteve entre as mais relevantes da região sul do país, quando foi capital do Território Federal do Iguaçu, nos anos 1940. Esta época gloriosa marcou a cidade. 
Mas agora, através do esporte, o município voltará a figurar em uma elite, a do Campeonato Paranaense de Futsal. Sabemos que a modalidade das quadras tem muitas semelhanças com o futebol – paixão nacional, indiscutivelmente. O futsal é mais barato e serve para que regiões com menores condições financeiras possam ter clubes e mobilizar torcedores.
Pois bem. Se voltássemos três anos atrás, era improvável apostar que em tão pouco tempo a cidade teria uma equipe entre as melhores do estado. Hoje, os torcedores do Operário podem se orgulhar disso e de ainda mais, afinal de contas, os operarianos formam uma massa que impressiona e chama a atenção da imprensa até de outros estados. 
Se na vida tudo resume-se a ciclo, se tudo tem começo, meio e fim, podemos dizer que a passagem do Operário Laranjeiras na Série Ouro terá fim. Não trata-se de torcer por isso, mas de reconhecer o histórico da modalidade. Poucos clubes sobrevivem mais do que 10 anos, quiçá a 20. Entretanto, esperamos que os diretores e, sobretudo, o elenco escolhido, prolonguem o máximo essa permanência do time no campeonato. Sobretudo, 2021 será marcado pela visita de alguns dos principais jogadores, técnicos e clubes do Brasil a Laranjeiras do Sul. É um período já destinado a entrar para a história laranjeirense, como um tempo áureo, tal qual o da época do Território Federal do Iguaçu.