A luz no túnel nos ásperos tempos

Na próxima segunda-feira (30), Laranjeiras do Sul completará 30 anos de fundação. Para seus habitantes, a data especial passará “batida”,

Na próxima segunda-feira (30), Laranjeiras do Sul completará 30 anos de fundação. Para seus habitantes, a data especial passará “batida”, mas por motivos superiores. A pandemia de Covid-19 impedirá que a cidade comemore mais um ano de vida com a devida tradição. Desfile Cívico, o Festival Laranja da Canção, entre outras atividades, não serão realizados. 
É uma infeliz tendência de 2020. Por aqui, assim como em outras paragens, não haverá grandes eventos em alusão ao Natal, muito menos os famosos réveillons. O momento exige cautela e sacrifícios.
Por outro lado, na própria Laranjeiras os indícios de que em breve podemos ‘voltar à vida normal’, àquela rotina de antes. O prefeito Berto Silva já adiantou, ontem, que uma reunião nesta quarta-feira vai discutir a possível abertura dos parques infantis e das academias ao ar-livre na cidade, bem como a liberação de 30% do público em festas de aniversários e casamentos. A cidade registrou até aqui a morte uma paciente que havia contraído a Covid-19. Em Laranjeiras, conforme o relato do secretário de Saúde, a situação é estável. No entanto, o que preocupa é o avanço iminente da pandemia no país, inclusive em municípios da região. 
Com abertura gradativa ou não, é importante a população ter consciência própria de cuidar-se – e não esperar que o poder público exerça controle. Máscara, álcool gel e isolamento social são escudos contra o vírus que ainda está ativo e continua fazendo vítimas.
 

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail