A necessidade de ensinar educação financeira na infância

A educação financeira vai além da relação com o dinheiro, pois esse tipo de ensino também permite mostrar que as atitudes têm consequências

Uma boa educação financeira, ainda na infância, é fundamental para o futuro das crianças. Ensinar desde pequeno a importância do dinheiro, da poupança e dos investimentos auxilia na criação de adultos conscientes e equilibrados.

Como lidar com o dinheiro é um assunto crucial para criar responsabilidade em crianças e adolescentes. Esse tema precisa ser abordado para que os pequenos cresçam sabendo o valor de cada centavo e como administrá-lo. A educação financeira na infância, seja na escola ou em casa, traz ganhos até mesmo para o comportamento das crianças. A partir desse conceito, elas compreendem melhor que, como os pais de antigamente diziam, “dinheiro não dá em árvore”.

Ensinar as crianças a lidar com dinheiro, a partir das noções básicas, é o primeiro passo para que elas sejam capazes de gerir as próprias finanças de modo mais equilibrado no futuro. A educação financeira permite que as crianças compreendam a importância de refletir sobre seus desejos e de se planejar para realizá-los, o que as torna possível desenvolver habilidades cognitivas e aspectos como a autonomia, o bem-estar, a organização e a segurança.

A educação financeira vai além da relação com o dinheiro, pois esse tipo de ensino também permite mostrar que as atitudes têm consequências. Crianças criadas com o senso de realidade que este tipo de ensino traz, com certeza criará adultos pés no chão e responsáveis em todos os sentidos.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail