Afinal, quem manda no futsal?

Obviamente que há controvérsias sobre a decisão, mas como organizadora e promotora oficial do futsal no Estado, a FPFS tem

Obviamente que há controvérsias sobre a decisão, mas como organizadora e promotora oficial do futsal no Estado, a FPFS tem a anuência da Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS).

Uma polêmica tomou conta do futsal paranaense esta semana, com a decisão da Federação Paranaense de Futsal (FPFS) de suspender por três anos e multar em R$ 120 mil, equipes do futsal do Paraná, que disputam a Liga Paraná de Futsal, uma competição paralela e sem o aval da FPFS.
Clubes consagrados como Cascavel, Pato, Marreco, Copagril, Foz, Palmas, Dois Vizinhos e Campo Mourão que disputam a Ouro. Chopinzinho, São Miguel, Faxinal, Siqueira Campos e CAD Guarapuava, que disputam a Prata e Prudentópolis e Costa Oeste de Medianeira que atuam na Bronze, receberam o comunicado na segunda-feira sobre a decisão da Federação.
A iniciativa caiu como uma bomba no meio, uma vez que atinge a nata do esporte no Paraná. Obviamente que há controvérsias sobre a decisão, mas como organizadora e promotora oficial do futsal no Estado, a FPFS tem a anuência da Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS).
A punição aos clubes, não é tão simples assim e pode causar um efeito devastador no futsal paranaense.  A ação gera uma pergunta que não quer calar: afinal, sem poder participar de competições oficiais, como os dirigentes irão se virar, para manter em seus quadros atletas de alto nível que integram seus elencos?
Outra coisa, os clubes punidos, estão suspensos só do campeonato Paranaense? Vão poder disputar a Liga Nacional?
Independente de qualquer resposta, certamente os departamentos jurídicos dos times suspensos, já devem estar debruçados nos regulamentos e no código de postura que rege cada federado.
Cabe contestação, recurso, pedido de clemência ou qualquer outra ferramenta que possa reverter a decisão da FPFS. 
No entanto, se constar no regulamento interno do órgão maior do futsal paranaense algum parágrafo que ampare a decisão anunciada, muita coisa pode mudar, inclusive refletindo no futuro de outras equipes, como o Operário Futsal, CAC Cantagalo, Pinhão e Catanduvas, só para citar as da nossa região, que eventualmente podem galgar, sem muito esforço e investimentos,  degraus nas divisões de futuros  campeonatos , que só seriam alcançadas com muito suor em quadra.