Agressão contra a mulher

De acordo com a lei, a agressão física não é a única manifestação de violência contra a mulher. Há diferentes

De acordo com a lei, a agressão física não é a única manifestação de violência contra a mulher. Há diferentes formas de violência doméstica e familiar que se enquadram nesse tipo de crime, que muitas vezes não são reconhecidas pela própria vítima. Até mesmo mulheres que sofrem agressões e por pressões psicológicas, acabam se culpando e calando-se.

A violência contra a mulher põe em grande risco a saúde mental das vítimas. Isso acontece por diversos motivos. Além da agressão psicológica, que diminui a sua autoestima, a mulher que é privada de relações saudáveis pode sofrer com ansiedade e depressão. A violência também pode causar na vítima o sentimento de culpa ou vergonha.

É importante que observemos alguns sinais de alerta para essa questão dos relacionamentos abusivos, como um comportamento controlador por parte do parceiro, ciúmes excessivos, querer saber onde anda o tempo inteiro, tudo o que ela faz. Esse comportamento controlador pode ser um sinalizador já de um relacionamento abusivo.

Muitas mulheres não se dão conta e acabam presas em relacionamentos abusivos, achando que não tem alternativa. Passam anos e anos sofrendo diariamente, sendo torturadas, aguentando agressões tanto físicas quanto psicológicas.

Elas, muitas vezes, por estarem confinadas no mesmo ambiente que os agressores, não conseguem procurar os órgãos que tradicionalmente oferecem ajuda. Isso mostra o tamanho do desafio do Estado no enfrentamento a um tipo de violência que acontece entre os muros e que, muitas vezes, é normalizada.

Uma importante iniciativa no combate a esse crime, foi a da rede varejista Magazine Luiza, que criou um botão em seu aplicativo ‘Magalu’ para denunciar casos de violência doméstica. O recurso chegou ao app, disponível para smartphones com sistema operacional Android e iPhone, em março de 2019, mas ganhou destaque durante a quarentena do novo coronavírus.

Discreto, o botão para denunciar agressões domésticas fica no menu “Sua conta” do aplicativo. Ao apertar o botão, a vítima entra numa tela que imita a do carrinho de compras do app.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail