As doenças do século XXI

 A cada dia, estamos mais e mais acelerados. Parece que não temos tempo para nada. A vida se resume ao

 A cada dia, estamos mais e mais acelerados. Parece que não temos tempo para nada. A vida se resume ao trabalho e sobra poucas horas para lazer e família. Essa é a realidade de muitas pessoas. Mas, felizmente, tem muita gente ainda que consegue se organizar e tirar tudo de letra.

Essa aceleração, no entanto, causa grandes impactos na vida da pessoa. Uma delas é a depressão, a doença conhecida como ‘a doença do século XXI’. Outra grave doença que vem atingindo cada vez mais a população atualmente é a obesidade.

Justamente por conta da correria e por faltar tempo até mesmo para fazer uma boa refeição. Muitos acabam optando por comer apenas um lanche, o que na maioria das vezes são fast foods gordurosos e calóricas.

Um outro dado divulgado ontem aponta que as taxas de mortalidade devido à insuficiência cardíaca estão aumentando, e esse aumento é mais proeminente entre os adultos com menos de 65 anos, considerados como morte prematura, segundo um estudo da Northwestern Medicine.

Conforme uma professora que participou do estudo, o sucesso das últimas três décadas em melhorar as taxas de mortalidade por insuficiência cardíaca está agora sendo revertido, e é provável que seja devido às epidemias de obesidade e diabetes. Ainda conforme ela, essas duas doenças são os principais fatores de risco para a insuficiência cardíaca, é provável que esta tendência continue a piorar.

Com tantas doenças provocadas pela falta de cuidados, hábitos bons e alimentação balanceada, é até redundante dizer que as pessoas precisam se conscientizar sobre sua própria saúde.

Caminhar, fazer exercícios físicos, além de ter uma boa alimentação são os principais cuidados com o corpo. Mas além disso, é preciso também cuidar da mente, para que a depressão não seja outro mal a lhe atingir.

Com bons hábitos diários, dificilmente essas doenças vão fazer parte da rotina das pessoas. Comece já. Leia um livro, um jornal, vá caminhar. Pequenos passos são o pontapé para grandes mudanças.