Covid-19: prefeituras adotam medidas rigorosas

Mais uma vez abordaremos a Covid-19 em nosso editorial, não há como ser diferente. As coisas estão realmente muito preocupantes

Mais uma vez abordaremos a Covid-19 em nosso editorial, não há como ser diferente. As coisas estão realmente muito preocupantes e municípios da região anunciam decretos com medidas para conter os casos, medidas essas que vêm acompanhadas de promessas de severidade caso o decreto não seja respeitado.

Na tarde de ontem (23), a prefeitura de Laranjeiras convocou uma reunião com os diversos setores do comércio para esclarecer que a reincidência de descumprimento das medidas sanitárias não serão toleradas. O estabelecimento que não respeitar o decreto será fechado.

Além dos avisos aos comerciantes, o prefeito falou que as pessoas que estiverem com ordem de isolamento, casos positivos, os suspeitos serão identificados por uma pulseira. Berto Silva esclareceu que isso não tem nada a ver com preconceito contra quem está com Covid, mas sim segurança para quem não está, afinal muitos não estão cumprindo as orientações de quarentena.

A medida do uso das pulseiras também foi adotada por Virmond, que além de identificar aqueles que devem ficar isolados, aplicará multa de R$ 1 mil reais em quem for pego fora de casa. Multas também para clientes e comerciantes que desobedecerem o uso de máscara e o distanciamento. O secretário de Saúde deixou bem claro que caso isso não funcione e os casos continuem a aumentar, existe sim a possibilidade de lockdown.

A que ponto chegamos, fica claro que depois de quase um ano de pandemia as pessoas ainda não aprenderam o significado das palavras consciência, respeito, responsabilidade e quem não entendeu isso jamais entenderá a frase “amor ao próximo”.

Estamos vendo a cada dia que passa mais e mais pessoas morrendo, o vírus se modificando, ficando mais forte. E a população está como? ‘Nem aí’ é a resposta. Muitos agem como se não existisse mais perigo nenhum.

Pessoal, é hora de acordar, não é bom para ninguém que o comércio feche, economicamente falando é desastroso para municípios pequenos como os de nossa região, fechar tudo, mas se essa for a única forma de parar o avanço do vírus tenham certeza que será feito.

Voltamos a afirmar que, enquanto não acontecer a vacinação em massa da população ninguém está seguro.

Nosso objetivo não é criar pânico, mas sim alertar, falar o que todos já sabem mas que muitos não entendem ou fingem não entender. Continuem os cuidados!

E para quem testou positivo ou está com suspeita, pelo amor de Deus não coloque a vida de ninguém em risco. Fique em casa!