Expoagro é mais que agronegócio

É notória a importância de festas, exposições e shows, nos dias atuais para o fortalecimento da economia, não só para

É notória a importância de festas, exposições e shows, nos dias atuais para o fortalecimento da economia, não só para as cidades turísticas como também para aquelas cidades que promovem algum tipo de evento para incrementar a economia, ou seja, usando os eventos para gerar receitas para a localidade. O número de pessoas que viajam para participar de eventos só vem aumentando a cada dia. Em alguns casos o setor é visto como salvador para o desenvolvimento econômico e social.

Neste segmento temos a Expoagro que caminha para a sua 15ª edição. Desde o início, quando foi criada como Agroshow em 2005, na primeira gestão do prefeito Berto Silva, já mostrou seu valor e a importância no desenvolvimento de diversos setores da economia, mas precisamente no agronegócio, que é sua principal função.

Mas não é só isso. Não é só o Dia de Campo da Coprossel, que alavanca o setor produtivo, trazendo novidades e tecnologia na produção de grãos.  Não é só nas palestras sobre pecuária leiteira, que motivam o produtor e agregam valores que contribuem para o aumento da produtividade. Sem falar dos leilões de gado, que mostram para o Paraná, a capacidade produtora de proteína animal que a região tem.

Sabemos que quando o agronegócio vai bem a região prospera, pois nossa economia está intrínseca no sucesso do produtor rural. Isso é fato inconteste!

Mas a Expoagro vai além de tudo isso, o evento serve para valorizar outros segmentos, como o comércio a indústria, setores que geram empregos e renda e o que é mais importante, é um atrativo de relativo baixo custo para a população que quer diversão. Como diz a música dos Titãs: A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte!