Profissão em alta

Hoje é comemorado o Dia do Economista, porque foi nessa data que o ex-presidente Getúlio Vargas sancionou a Lei Nº

Hoje é comemorado o Dia do Economista, porque foi nessa data que o ex-presidente Getúlio Vargas sancionou a Lei Nº 1.411, de 13 de agosto de 1951, que oficializava a criação da profissão de economista no Brasil.

O economista é o profissional que compreende a forma como as sociedades usam seus recursos materiais, visando produzir e distribuir bens e serviços. Na prática, o economista é um profissional multifuncional, atuando tanto em bancos e setores financeiros, como também em ramos da área comercial, administrativa e internacional.

Em Laranjeiras do Sul, o curso é oferecido nas versões presenciais (UFFS) e à distância em várias EADs, que atuam na cidade.

O mercado de trabalho para quem exerce a função, está entre os que mais cresceram na última década, impulsionado pelo rápido desenvolvimento e a escalada do Brasil como uma das maiores potências econômicas do mundo.

Mesmo com o avanço da recente crise e a diminuição no ritmo de contratações, a profissão continua a despertar o interesse de um número cada vez maior de jovens por todo o Brasil.

Motivos para isso não faltam: a área de trabalho é ampla e diversificada, há oportunidades bem interessantes no setor público e privado, sem contar a possibilidade de atuar como autônomo e a chance de embolsar um bom salário no fim do mês.

Um economista pode trabalhar em inúmeros segmentos – muito mais do que aqueles que estamos acostumados a imaginar.

O local mais fácil de encontrá-los é no departamento de Economia e Finanças de empresas de todos os portes e áreas de atuação. Também são muito numerosos em órgãos públicos, autarquias e bancos.

A missão do economista é acompanhar de perto os movimentos dos mercados no Brasil e no mundo e, a partir daí, definir o melhor rumo a ser tomado. Num País em recessão, seu trabalho tornou-se vital para sobrevivência econômica em diversos setores.

Para quem está em dúvida em qual profissão optar, quem sabe neste dia 13 de agosto, não se decide pela Economia. Se assim, o for, sucesso!

 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail