Tudo que você precisa saber sobre aposentadoria híbrida

Toda quinta-feira, Gisele Spancerski está aqui para abordar questões jurídicas do dia a dia que podem te ajudar muito!

Venha conferir!

Olá, pessoal. Nesse artigo de hoje vou explicar como você consegue usar o tempo de atividade rural para aposentadoria híbrida.

Esse é um tipo de aposentadoria muito comum aqui na nossa região, então fique ligado que pode ser que você se encaixe nela também.

O que é aposentadoria híbrida?

Essa aposentadoria é conhecida também como aposentadoria por idade híbrida, ou aposentadoria mista, e ela tem regras muito semelhantes à aposentadoria por idade. Só que na aposentadoria híbrida o segurado tem uma vantagem, pode somar o tempo de trabalho exercido no meio rural com o exercido no meio urbano.

Essa aposentadoria veio para ajudar os trabalhadores que migraram do trabalho do campo para trabalhar nas cidades. Ou seja, os segurados que possuem período rural e urbano tem direito a essa aposentadoria.


Como que funciona essa aposentadoria?

O segurado homem ou mulher para conseguir a aposentadoria híbrida por tempo de contribuição, ele precisa ter completado a carência de 180 contribuições urbanas e o restante do tempo pode ser completado com o período rural. Também deve-se observar as demais regras de aposentadoria, como tempo mínimo de contribuição e idade, que são diversas e precisam ser avaliadas para saber a melhor no seu caso.

Lembrando que é necessário comprovar o trabalho urbano (GPS, CTPS, etc) e o trabalho rural, por meio de documentos.

Quanto tempo de contribuição preciso para a aposentadoria híbrida?

O tempo de contribuição varia, começa em 15 anos e pode ser 35 ou mais, conforme a regra e em todos casos exige qualidade de segurado. Se for por idade, ela terá as mesmas regras da aposentadoria por idade “comum”. Ou seja, precisa de 15 anos de contribuição para ambos os sexos, mais 60 anos de idade para mulher e 65 anos de idade para o homem, se completados até 12/11/2019.

Se não completou até a data, mas começou a contribuir antes dela, então precisa de 15 anos de contribuição e 65 anos de idade para homens, ou mais de 61 anos e 6 meses de idade para as mulheres em 2022 e 62 anos de idade para a mulher a partir de 2023.

 Agora se você começou a contribuir depois da data, então precisará de 20 anos de contribuição e 65 anos de idade se for homem, e 15 anos de contribuição mais 62 anos de idade se for mulher.

Já na aposentadoria híbrida por tempo de contribuição, precisa ter no mínimo 35 anos de contribuição para homens e 30 para mulheres, sendo pelo menos 180 contribuições (15 anos) em área urbana. Além disso, dependendo da regra, você pode ter que contribuir mais alguns anos, ter uma idade mínima ou uma pontuação mínima.

O que é necessário para pedir aposentadoria híbrida? O necessário para pedir aposentadoria híbrida é ter o tempo mínimo e idade de acordo com a regra que vai usar. Além disso, é preciso apresentar as provas de tempo rural para que seja somado ao tempo urbano.

Qual é a documentação essencial para concessão da Aposentadoria Híbrida?

Todas as aposentadorias requer uma lista grande de documentos, mas a aposentaodria híbrida por ser “2 em 1” a lista de documentos fica maior ainda, pois precisamos mostrar documentos que comprovem o trabalho urbano e rural. Mas eu preparei uma lista de documentos que são importantes entregar, vamos começar com o trabalho urbano:

– Carteira de Trabalho e Previdência Social — CTPS;

– Carnê de contribuição e outros documentos hábeis para comprovar a quitação das parcelas perante o INSS;

– Certidão de Tempo de Contribuição (CTC);

– Extrato do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) atualizado.

Agora, no que se refere aos trabalhos rurais, isso vai depender de qual a categoria de trabalhador rural você era. Se você era empregado rural, contribuinte individual ou trabalhador avulso, os documentos serão os mesmos dos trabalhos urbanos. Porém, se você era segurado especial, há uma documentação adicional.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail