E DAÍ? QUE MAL FAZ? Como disse a palestrante Suely Araújo, as crianças e adolescentes de hoje adotaram um comportamento

E DAÍ? QUE MAL FAZ?

Como disse a palestrante Suely Araújo, as crianças e adolescentes de hoje adotaram um comportamento mais ou menos assim: dormem na casa dos pais quando querem, largam a mamadeira  e chupeta quando querem, só comem o que querem. E daí? O que mal faz? Antissocial aos 11 anos, melhor celular a cada Natal, surdos com seus fones de ouvidos. Centenas, milhares de amigos virtuais, uns já atingiram os 5000 seguidores e não pensam em riscos. Festas sociais? Só se for top, senão nem apareço por lá, ou seja, exigem um alto padrão e conseguem tudo o que quer. E daí? Que mal faz?

PARA QUE OS PAIS?

Os pais não precisam brincar mais com os filhos, o celular faz isso, os pais não precisam buscar nas festas,  o Uber faz isso. Os pais não precisam cozinhar,  os restaurantes e lanchonetes se encarregam disso. Pais não precisam nem educar, a escola integral faz isso. E daí? Que mal faz? Os pais nem imaginam que tudo o que o filho precisa é um puxão de orelhas, uma bronca. Hoje não é dia de festa, vai comer comida que presta. Criar filhos parece que está mais fácil, mais cômodo, a final, as crianças e adolescentes resolvem tudo com um clique na tela. E daí? Que mal faz?

CADÊ OS ANTIGOS COSTUMES?

Ler pra filho? Cantar uma música e fazer cafuné? É um luxo pra poucos, os pais estão desconectados, precisam de ajuda, mas só aceitam ajuda quando a bomba explode. Pais e filhos moram sob o mesmo teto, porém o diálogo é de zero. Nenhum filme juntos, mas sempre conseguem aquela selfie da família perfeita para postar, de preferência todos sorridentes num grande almoço, a final, o importante é mesmo mostrar para sociedade que aquela família é feliz, se possível conseguir mil curtidas. Mal sabem que é um jogo de tabuleiros.

A CRIANÇA PRECISA DE MUITA MORDOMIA.

Fazer a criança pensar é uma coisa que dói, e que será quando crescer? Youtuber, blogueira, estudar, entrar na faculdade, se especializar. Imagina?  Eu não sei esperar, eu não sei ouvir não, e muito menos não sei o que é frustração. Rejeição,  culpa de quem? Opa, não se pode falar em culpa, não pode dar palmadas, pois vivemos na cultura do processo, não pode falar alto porque vai constranger a criança. Não pode nem pensar em castiga-lo, não pode nem falar alto. Assim o tempo vai passando e os filhos vão crescendo, drogas, suicídios aumentando, pois eles querem tudo pra já. Nesse momento surge aquele esquema: vem a nós o vosso reino, seja feita a tua vontade assim na terra como no céu e coitado do adulto que não dizer amém.

A MINHA CANETA ANOTOU

O bom atendimento de todo o pessoal da Comercial Virmond oferecendo materiais de construção, pisos e acabamentos sempre com descontos.  O abraço ao casal Guilhermina e Valter Carrador que prestigiam este espaço. Os preços imbatíveis da Rede Lar de supermercados da família Cruchinski. O bom atendimento com qualidade do pessoal do Lodi a Casa do ciclista. Um abraço para o Thiago, Lodi, Maicon e Fábio. O bom atendimento na Rede Lar de supermercados no comando da Olinda Cruschiak. O destaque da farmácia Santa Terezinha que conta com grandes profissionais da área farmacêutica em Laranjeiras do Sul, na rua XV e Marechal Rondon e Nova Laranjeiras onde você encontra os melhores preços em medicamentos. As ofertas da semana e domingos no auto posto Lalaco I e II. Na hora do chimarrão e tereré prefira produtos da erva mate Becker. Os bons produtos da fábrica Fornello comandada pelo Rodrigo Richardi. O restaurante Casa Grill atendendo normalmente com buffet completo em frente ao INSS na Santos Dumont. Carnes de alta qualidade você encontra na Carnes Nobres Furlã em frente a Uninter. O bom atendimento do supermercado Ideal do Hélio e da Ruth em frente ao Das do Moto do amigo Júlio saída ao Porto Barreiro na Nogueira de Amaral.