“Eu não conheço homem algum”

O anjo Gabriel disse a Maria: “Não tenhas medo, Maria! Encontraste graça junto de Deus. Conceberás e darás à luz

O anjo Gabriel disse a Maria: “Não tenhas medo, Maria! Encontraste graça junto de Deus. Conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande; será chamado Filho do Altíssimo,…” (Lc 1.30-32).

Maria então perguntou ao anjo: “Como aconte­cerá isso, se eu não conheço homem?” (Lc 1.34).

Que pergunta estranha! Ela perguntou quem vai ser pai da criança? Ela, noiva e ainda pergunta: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem?” Era óbvio que José, o seu futuro marido, iria ser o pai da criança.

Por que então esta pergunta estranha?

A resposta é surpreendente. Maria é uma gran­diosa heroína no seu amor a Deus. Ela convenceu José, a viver na pureza total.

Que homem concordaria casar-se com uma moça e não ter uma vida matrimonial com ela, viver sim­plesmente como irmão e irmã?

Que argumento Maria usou para convencer José a fazer tamanha renúncia?

Podemos dar várias respostas. Mas qual é o prin­cipal argumento que levou Maria a fazer esta renún­cia? Não temos dúvida que ela amava tanto a Deus, que renunciou à vida sexual. Ela era virgem convicta, convencida por amor a Deus. Ela era uma moça pobre, não tinha nada de material para dar a Deus, então ofe­receu a sua virgindade. José, como homem justo e que também amava a Deus, fez o mesmo sacrifício, renun­ciou a vida matrimonial por amor a Deus.

Podemos concluir que Maria, moça comprometi­da, permaneceu virgem toda a vida. Ela nunca teve outro filho.

Se os evangelhos falam dos irmãos de Jesus, eles falam dos seus parentes, pois parentes muitas vezes na Bíblia são chamados irmãos e irmãs.

Nossos jovens católicos valorizem a virgindade!

Nossos casais católicos valorizem a fidelidade matrimonial!

Deste modo vamos seguir a pureza da nossa Mãe, Maria Santíssima. E vamos por causa disso, receber no Céu um prêmio muito grande.

Maria! Minha Mãe querida ajuda-me a fugir das ocasiões de pecado e manter-me puro, semelhante a Ti. Amém.