Não julgar

A religião de Jesus Cristo é a religião do amor fraterno, pois Ele solenemente declarou: Eu vos dou um novo

A religião de Jesus Cristo é a religião do amor fraterno, pois Ele solenemente declarou: Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros.  (Jo.13.14) Este mandamento, formulado deste jeito, no primeiro momento nos assusta. O Antigo Testamento exigia a amar o próximo como a si mesmo (Lv.19.18). Jesus Cristo é mais radical. Ele manda amar o próximo mais do que a si mesmo. E deu um exemplo disso, pois Ele deu, o que é mais precioso, a vida por nos seus amigos. E isso se fez de  modo muito cruel, pois deixou-se crucificar. Ele quer que nós demos, se precisar, a vida pelos irmãos. Deste modo Jesus Cristo mostra como Ele muito valoriza o amor fraterno. Seguindo este caminho do amor fraterno Ele deu um conselho: Não julgueis, e não sereis julgados.  Pois com o mesmo julgamento com que julgardes os outros sereis julgados; e a mesma medida que usardes para os outros servirá para vós.  Por que observas o cisco no olho do teu irmão e não reparas na trave que está no teu próprio olho?  Ou, como podes dizer ao teu irmão: ‘Deixa-me tirar o cisco do teu olho’, quando tu mesmo tens uma trave no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu próprio olho, e então enxergarás bem para tirar o cisco do olho do teu irmão.  (Mt.7.1-5) Este conselho é muito sensato. Nós nos criamos numa comunidade. Vivemos e trabalhamos numa comunidade. Vivendo sozinho não nos sentimos bem. E Jesus Cristo está dando o conselho de como nós devemos nos comportar na nossa comunidade, como praticar o amor fraternal com todas as pessoas. Assim Jesus Cristo aconselhou, para que não julgássemos os outros. Pois os julgamentos estragam o amor fraterno. E o amor fraterno é a essência da religião de Jesus Cristo. O amor não faz nenhum mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento perfeito da Lei. 

São Paulo Apóstolo é muito apegado ao amor fraterno e toda a religião de Jesus Cristo ele resume numa frase:  Não fiqueis devendo nada a ninguém… a não ser o amor que deveis uns aos outros, pois quem ama o próximo cumpre plenamente a Lei. De fato, os mandamentos: Não cometerás adultério, Não cometerás homicídio, Não roubarás, Não cobiçarás, e qualquer outro mandamento, se resumem neste: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. (Rm.13.8-9)

E por isso o Novo Testamento dedica toda atenção ao amor fraterno. Jesus Cristo prometeu um prêmio generoso para quem se cuidar e não julgar o próximo. Se nós não usamos  julgamentos severos, Jesus Cristo não vai usar os julgamentos severos em nós. Ele não vai dar se ultrapassar em bondade por nós.

 Nisto conhecerão todos que sois os meus discípulos: se vos amardes uns aos outros. (Jo.13.15) Nesta frase Jesus Cristo nos ensina como evangelizar o mundo. Isto se faz pelo amor fraterno. Os seguidores de Jesus Cristo devem se destacar pelo amor fraterno. Sempre dispostos a ajudar. Sempre ter palavras animadoras. Sempre elogiar os outros. Sempre exaltar os outros. Sempre em nossos julgamentos destacar o que é bom na outra pessoa. Sempre omitir o que é negativo nas pessoas. Se nós deste modo vamos tratar as pessoas, Jesus Cristo vai nos tratar igualmente. Vai omitir os nossos pecados e vai só destacar as nossas qualidades. E assim o Céu será garantido.

O meu Bom Jesus! Me ajude a não esquecer de tratar bem as outras pessoas e falar bem delas que elas  se sintam bem comigo e queiram também praticar o amor fraterno, que tanto agrada a Ti, Meu Bom Jesus. Amém.