Campo de concentração

Nos anos pós II Guerra em Santa Catarina, grande número de alemães, não necessariamente nazista foi conduzido a um campo

Nos anos pós II Guerra em Santa Catarina, grande número de alemães, não necessariamente nazista foi conduzido a um campo de concentração localizado em Florianópolis. Não se tem notícias de maus-tratos, mas todos eram obrigados a trabalhar na lavoura, inclusive meu pai, que permaneceu preso por um ano e quatro meses. Enquanto isso, em sua residência, em Lages, foram sequestrados sua biblioteca, livros de culinária, revistas de moda, discos, rádio e um belo veículo Opel Capitá conversível, do qual foi devolvido, posteriormente, apenas a lataria. Inimigo light.

( Hildegard Taggessel, Curitiba-PR)

Jeitinho Italiano

Em março de 1998, o ministro Francisco Dornelles  estava com ideia de dizimar  parte da frota de 4 milhões de carros com idade superior a dez anos. Quem entregar seu carro ao crematório do governo terá  direto a preço de banana, a um modelo popular zerinho movida a álcool. Ecologicamente correta a proposta fez a alegria (além dos usineiros, é claro), de Silvano Valentino, presidente da Anfovera, que reuniu as montadoras. Só que colegas de Valentino resmungaram pelos cantos que ele, que veio da FIAT, puxou a brasa para sua sardinha. A modelagem que estava sendo discutida devolveria vida e venda ao carro UNO.

Vale lembrar, que Francisco Cornelles assumiu como governador do Rio, (já com idade avançada) o legado deixado por Cabral e Pezão. Um Estado com suas finanças destroçadas. Enfim, o contribuinte brasileiro também foi acionado para remover os destroços.

O lado negro

Horas depois do assassinato do presidente americano John Kennedy, em novembro de 1963, seu irmão Bob que mais tarde também assassinado, correu para esvaziar os arquivos do presidente na Casa Branca. A preocupação do primeiro irmão, escreveu Seymour Hersh em seu livro: O lado negro de Camelot, era evitar que caíssem nas mãos do sucessor, Lyndor Johnson, segredos verdadeiramente explosivos: a existência de uma esposa anterior a Jaqueline, eleições fraudadas com ajuda da máfia, o histórico de sério problema de saúde, incluindo doenças venéreas. A vida secreta incluía a participação de John Kennedy no assassinato do líder sul-vietnamita Ngo Dinh Diem e nas tentativas da C/A para matar Fidel Castro coma ajuda (outra vez) da máfia. Havia também – e sobretudo – um registradíssimo vaivém de amantes na Casa Branca. Conta ainda Hersh em seu livro  que depois de morta, Kennedy foi entronizada como herói até que, na década seguinte, os revisionistas puseram-se a trombetear seus pecados transformando as revelações em dinheiro.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail