Bairros de Laranjeiras poderão ficar sem água até sexta. Confira quais

A Sanepar informa que, por causa das temperaturas elevadas, da baixa reservação e aumento considerável no consumo de água, além

A Sanepar informa que, por causa das temperaturas elevadas, da baixa reservação e aumento considerável no consumo de água, além da crise hídrica devido à intensa estiagem que se vive em todo o Estado, o sistema de Laranjeiras do Sul está com o abastecimento comprometido, sendo necessária a realização de manobras emergenciais na rede de distribuição de água.

Nesta terça-feira (6), está sendo realizada manobra emergencial no sistema, com interrupção no abastecimento nos bairros Jaboticabal, Vila Rural, Santo Antônio de Pádua, Marchesi, Itália, Bancários, Água Verde, Presidente Vargas, Panorama, condomínios Maria Antônia, Iguaçu, Almirante da Serra e Viena, Cidade Alta, Paris, Loteamento Badoti e regiões da área central, nas proximidades da Apae, do Seminário, do Colégio das Irmãs, da igreja ucraniana, da igreja matriz Santana e do Iguaçu Tênis Clube.

Quarta-feira (7) – Loteamento Cordeiro, BNH, Vila Mos, Vila São Miguel, Vila São Vicente, Loteamento Mineiro, Cristo Rei, João Fernandes, Aparecida, São Francisco, Monte Castelo, Palmeiras, Parque Industrial e nas regiões da área central próximas à rodoviária e ao Fórum.

Quinta-feira (8) – Jaboticabal, Vila Rural, Santo Antônio de Pádua, Marchesi, Itália, Bancários, Água Verde, Presidente Vargas, Panorama, condomínios Maria Antônia, Iguaçu, Almirante da Serra e Viena, Cidade Alta, Paris, Loteamento Badoti e regiões da área central, nas proximidades da Apae, do Seminário, do Colégio das Irmãs, da igreja ucraniana, da igreja matriz Santana e do Iguaçu Tênis Clube.

Sexta-feira (9) – Loteamento Cordeiro, BNH, Vila Mos, Vila São Miguel, Vila São Vicente, Loteamento Mineiro, Cristo Rei, João Fernandes, Aparecida, São Francisco, Monte Castelo, Palmeiras, Parque Industrial e nas regiões da área central próximas à rodoviária e ao Fórum.

 

As equipes fazem a análise diária do sistema, e se não houver necessidade, os registros permanecerão abertos. No entanto, caso seja necessário, o fechamento ocorrerá das 16 às 7 horas da manhã do dia seguinte, com previsão de normalização gradativa a partir das 8 horas.

Clientes que não possuem caixa-d'água domiciliar podem ficar desabastecidos temporariamente. A Sanepar lembra que, de acordo com norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter caixa-d'água com capacidade para atender as necessidades dos moradores por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros.

 

A Sanepar orienta para que se faça uso racional e inteligente da água. Evite lavar carros e calçadas. Adie toda atividade que demande água e não seja urgente (lavagem de cobertores, cortinas, limpeza pesada, lavagem de automóveis…). Não use a mangueira como vassoura. Adote hábitos de uso econômico: feche a torneira enquanto ensaboa as mãos, enquanto ensaboa a louça, enquanto faz a barba e escova os dentes. Reduza o tempo de banho: 5 minutos é o necessário. Verifique torneiras pingando e possíveis vazamentos. Faça o reuso da água de lavagem e enxágue das roupas para lavar pisos, calçados, regar jardins.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail