Responsivo

Prefeitura realiza nesta segunda, aula inaugural do Laranjeiras Tecnológica

O programa do departamento de Tecnologia e Inovação tem levado conhecimento à população por meio de diversas capacitações. Este ano Laranjeiras é a primeira cidade a fazer parceria com o programa Geração Paraná Digital

Com o objetivo de abrir as portas do mercado de trabalho na área mais promissora da atualidade – a da tecnologia – a prefeitura de Laranjeiras do Sul realizará nesta segunda-feira (9), a aula inaugural da segunda turma do programa municipal ‘Laranjeiras Tecnológica’.

O projeto de qualificação para jovens e adultos ocorre desde o ano passado e é uma parceria entre a prefeitura e a empresa Viasoft, sediada em Pato Branco que é referência em tecnologia no Paraná.

Conforme o diretor do Departamento de Tecnologia e Inovação de Laranjeiras, Alex Schoroeder, para este ano o projeto chegou cheio de novidades. “Em 2023 o curso fará parte do ‘Geração Paraná Digital’ e terá seis meses de duração, o dobro da turma anterior que cursou três meses. O valor da bolsa também aumentou, de R$ 800 para R$ 1.200”.

Dentre os 200 concorrentes pela bolsa, 40 foram selecionados. 20 bolsas serão custeadas pelo município e 20 pelo Estado por meio da Fundação Araucária.

Geração Paraná Digital

Com esta aula inaugural Laranjeiras do Sul se destaca novamente, sendo a primeira cidade do Estado a fazer parte do ‘Geração Paraná Digital’. O programa tem o objetivo de promover a pesquisa científica com a criação de cursos de capacitação na área de Tecnologia da Informação (TI) para suprir parte da demanda do mercado de produção de software.

“Este é um projeto inovador. O resultado é que os jovens não precisarão deixar as suas cidades para exercer atividades profissionais ligadas à tecnologia. Há um amplo mercado com essas vagas de emprego e, agora, teremos as pessoas para ocupar esses postos de trabalho”, afirmou o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedu), Augustinho Zucchi.

Segundo o presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig, é uma nova maneira de criar renda localmente. O processo de levar indústrias aos municípios para criar empregos com salários qualificados vem sendo substituído pelos pesquisadores de transformação digital.

“Não é só a formação dos recursos humanos, mas uma forma dos jovens permanecerem nos seus municípios de origem e prestarem serviço para qualquer empresa do Estado, do País e do mundo. A internet permite isso. Nesse programa, os jovens terão formação qualificada para atender as necessidades do setor empresarial do Paraná, que já se comprometeu a contratar pelo menos 30% dos formados. É uma inovação”, afirmou.

Aula inaugural

O evento de segunda-feira ocorrerá às 10 horas no centro de empregabilidade e qualificação profissional do Laranjeiras Tecnológica, rua XV de Novembro, 3237, bairro São Francisco. A inauguração contará com a presença de diversas autoridades do Estado e da cidade, assim como pais, professores, profissionais, e será aberta ao público.