Pato Branco: homem é assassinado ao defender namorada de estuprador

Crime ocorreu na madrugada de domingo (12)

Na madrugada deste domingo (12), um homem de 32 anos, foi assassinado com um disparo de arma de fogo, ao tentar defender sua namorada de um estuprador. A tragédia ocorreu no bairro Fraron, em Pato Branco.

De acordo com informações o casal estava em um loteamento quando foi abordado pelo desconhecido. O homem que usava uma toca bala clava, tentou amarrar o namorado para violentar a mulher, momento que o companheiro reagiu em defesa mas acabou sendo baleado com um tiro na cabeça. O criminoso ainda tentou levar a jovem até um matagal, porém desistiu do estupro e evadiu do local.

A jovem, com o namorado ferido no carro, saiu em busca de socorro quando a Polícia Militar foi acionada. O SAMU chegou a socorrer o homem, porém ele não resistiu e veio a óbito. A polícia realiza buscas, mas o autor do crime ainda não foi localizado.

A vítima baleada, identificado como Guilherme Ambrosini, era funcionário público do município, onde atuava como chefe do órgão gestor do transporte coletivo.

Guilherme Ambrosini – Foto: Reprodução

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail