Seis dicas para compra e organização de materiais escolares

Adotar boas práticas na hora de comprar e organizar o material escolar do filho é garantia de começar o ano letivo com o pé direito

Confira nossas dicas para comprar e organizar o material de seus filhos!

Pesquise

O primeiro passo para acertar na hora de comprar o material escolar de crianças e adolescentes é fazer uma ampla pesquisa e a internet pode ser o ponto de partida. Pesquise preços do mesmo itens em diferentes lojas e considerando condições para pagamento. Além de pesquisar preços e condições oferecidas, guarde o material publicitário divulgado. Isso ajuda na análise de preços e, ainda, é uma segurança na hora de fechar a compra. Se o preço na hora de pagar for maior do que o divulgado, a empresa tem que cobrar o valor que está na publicidade.

Faça uma lista

Nesse sentido, antes de sair às compras, é importante analisar se há materiais do ano anterior que podem ser reutilizados. Converse com seu filho e peça a ajuda dele na hora de definir que itens podem ser usados novamente.

Estojo, compasso, tesoura, régua e pincéis, por exemplo, estão entre os produtos que duram mais de um ano letivo se forem bem cuidados. Além de economizar, é uma forma de trabalhar com os pequenos valores como consumo consciente e a importância de cuidar bem do seu material.

Tenha cuidado com marcas e personagens

Outro ponto de atenção na hora de comprar material escolar é a necessidade de investir em produtos com marcas e personagens. Geralmente, itens desse tipo são licenciados, o que faz com que custem mais do que um produto sem logotipo ou personagem específico.

Avalie também se determinado personagem ou tema é adequado à idade da criança. Se necessário, explique para os pequenos porque não está comprando um item específico.

Não se limite a marcas

É possível economizar na hora de comprar material escolar sem perder em qualidade. Muitas vezes, não é por que um item é mais caro que ele é, necessariamente, melhor do que outro. Para não se descapitalizar desnecessariamente nas compras, avalie se não vale a pena comprar um item equivalente, de uma marca não tão conhecida, em vez de adquirir apenas produtos de empresas famosas.

Veja o que foi pedido pela escola

Pesquisar preços e condições é essencial na hora de comprar material escolar. No entanto, é preciso ter atenção e olhar com cuidado o que foi pedido pela escola. Muitas vezes, a instituição de ensino solicita itens de marcas e características bem específicas.

Ao comprar livros paradidáticos, por exemplo, deve-se olhar não só o título e autor, como também editora e edição. Dessa forma, você garante que seu filho começará as aulas com o mesmo material que os outros alunos.

Negocie descontos e serviços

Na disputa pela preferência dos consumidores, muitas lojas oferecem condições especiais para serem escolhidas na hora da compra do material escolar. Por isso, não deixe de negociar descontos caso compre tudo em um mesmo local, por exemplo.

Em determinados casos, vale a pena também pedir benefícios exclusivos, como encapamento de cadernos, caso o valor total da compra seja alto. Uma estratégia que costuma dar certo é combinar com outros pais de fazer as compras em conjunto. Assim, pode-se negociar valores mais em conta para todos.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail