Poucas & Boas

Sujou! Rola ai um buchicho de que um assessor de uma Câmara de Vereadores da Cantuquiriguaçu criou uma página fake

Sujou!

Rola ai um buchicho de que um assessor de uma Câmara de Vereadores da Cantuquiriguaçu criou uma página fake no Facebook para criticar o poder executivo. No entanto, o prefeito mandou investigar e descobriu que o IP era do computador do Legislativo. O caso está dando o maior burburinho, inclusive há comentários de que cabeças podem rolar.  Vamos aguardar.

Naturalmente

A demissão do secretário executivo da Cantuquiriguaçu, João Muniz, levantou uma série de boatos. Porém, depois de anos de serviços prestados à entidade, Muniz já havia colocado o cargo a disposição, pois a exemplo das prefeituras, quando se muda o comando, muda-se também os secretários. A troca é natural, uma vez que o cargo é político.

Tá podendo

Quem assumiu  o posto do Muniz foi o ex-vereador, Darci Massuquetto, homem forte do MDB laranjeirense e a parte administrativa ficará a cargo da Sandra Viola, esposa do vereador Magrão (PR). Articulador político como é, o prefeito Berto Silva, fez uma jogada de mestre. Como o apoio no legislativo andava meio abalado, agora a situação muda. Berto dá as cartas e joga de mão.

Escreveu não leu…

O presidente da Câmara João Badotti, exonerou esta semana quatro servidores comissionados. Os dispensados foram Antônio Nogueira, Jayme Xavier, Paula Oliveira e Vinicius Sterza, procurador da Câmara. Coincidência ou não, três dos demitidos eram aliados de vereadores que votaram contra a orientação da presidência do Projeto de Lei nº 008/2018, que dispõe sobre a LDO, Lei de Diretrizes Orçamentárias, para elaboração do Orçamento do Município de Laranjeiras do Sul, para o exercício financeiro de 2019, reduzindo de 50% para 10% o percentual de remanejamento. A assessoria da presidência nega que houve retaliação e argumenta que as demissões fazem parte da política de contensão de gastos.

2020

Quem já está costurando a candidatura para o pleito municipal é o incansável João Klossoski. Hoje presidente do Podemos, partido do senador e pré-candidato à presidência, Álvaro Dias, Klossoski articula entre as forças políticas locais apoio já de olho na largada para as eleições de 2020. No entanto, o presidente do Podemos é um entusiasta da candidatura do paranaense ao Palácio do Planalto. João Klossoski segue a cartilha de que quem chega antes bebe água limpa.

Brasil

Muita gente diz odiar o futebol e que a seleção brasileira é o ópio do povo. Mas na hora do jogo, o coração fala mais alto que a razão. É verdade quando afirmam que são onze milionários correndo atrás de uma bola e mais de duzentos milhões de idiotas aficionados assistindo. Até pode ser, mas hoje depois das 14h30, por favor, não me liguem, não me incomodem, pois o idiota aqui vai sofrer assistindo a nossa Seleção. Pra frente Brasil!