Herança rentável

“É imprescindível estimular o conhecimento e a independência financeira”

São muitas as heranças que recebemos de forma hereditária. Costumes, gírias, comportamentos e atividades que são passadas de pais para filhos. Na família estamos sujeitos a sermos moldados de acordo com aquilo que é feito e pregado no ambiente em comum. Muitas pessoas seguem a mesma profissão que seu pai ou sua mãe, porque aprenderam com eles, ou porque esse foi o primeiro contato que tiveram com uma opção de trabalho.

Para as costureiras não faltam referências dentro das famílias. É comum ouvir de relatos de avós que ensinaram a mãe, que ensinou a filha. Se retrocedermos na linha do tempo, é possível ir mais além.

Dessa forma a costura se disseminou entre as famílias tradicionais. E representa hoje uma fonte de renda para muitas mulheres, mães, que sustentam a casa e os filhos com o que ganham.

A especialização na área acontece primeiramente pelo contato com a pessoa que ensinou a costura. E também existem diversos cursos e programas que não só ensinam o básico, desde o início, como ampliam a experiência na área. Nesse sentido, ações como a do SENAI, através de cursos destinados à costura são de extrema importância, para elevar ainda mais a moral de inúmeras mães que trabalham na área. É imprescindível estimular o conhecimento e a independência financeira através de ações integradas nas comunidades.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail