Lock dowm em Cantagalo

Mais uma vez abordaremos em nosso editorial o tema Covid-19. Dessa vez nossa ênfase é no município de Cantagalo, que

Mais uma vez abordaremos em nosso editorial o tema Covid-19.

Dessa vez nossa ênfase é no município de Cantagalo, que anunciou e alertou a população da possibilidade de fechar o comércio e também as entradas da cidade. Isso devido ao preocupante fato que o município triplicou o número de casos positivos em uma semana. No dia 11 de fevereiro eram 11 os casos ativos de Covid-19. Uma semana depois, na quinta (18), o número triplicou, chegando a 33.

O que torna a situação de Cantagalo tão grave, é a falta de consciência e respeito pela vida do próximo. Segundo informações do secretário de Saúde, Ernesto Giacomini, foi comprovado que muitas pessoas contaminadas não estão seguindo as orientações de isolamento, tanto é que a secretaria de Saúde estuda formas legais de identificar com pulseiras as pessoas positivadas, tamanha é a inconsequência e a falta de responsabilidade.

Isso faz que nos perguntemos, será que é tão difícil entender que essa doença mata, que esse vírus é extremamente contagioso, será que as tantas vidas perdidas até agora não valem nada a ponto de colocar muitas mais em risco?

Agora, a sociedade inteira do município paga a conta. Com certeza ninguém quer um lock down, mas é o que pode acontecer em Cantagalo.

Os prejuízos para o comércio serão imensos, duas a três semanas fechados, empregos colocados em risco novamente. Essas são as consequências materiais da pandemia, isso por mais difícil que seja, pode ser recuperado, mas e as vidas que podem ser perdidas?

Para o bem de todos, vamos continuar com os cuidados. Vamos levar a sério o distanciamento social e o uso de máscara. É difícil imaginar que uma pessoa possa viver, sabendo que por sua inconsequência alguém perdeu a vida. Se você sabia que estava com o vírus ativo e mesmo assim resolveu sair de casa e ter contato com outras pessoas, aqueles que você contaminou são sim sua responsabilidade. Destes não é possível saber quantos terão sintomas leves e quantos vão terão a vida ceifada.