Nosso lar, nossa responsabilidade

Toda ação em prol da preservação do meio em que vivemos, é bem-vinda. Não há razão para não cuidarmos do

Toda ação em prol da preservação do meio em que vivemos, é bem-vinda. Não há razão para não cuidarmos do que é nosso. Isso começa nos lares. A importância do zelo com o nosso lar, vai muto além da organização e da limpeza, tem a ver com o nosso bem-estar e daqueles que vivem conosco. É importante se sentir bem no lugar em que se vive.

Fora de casa, a sociedade em que vivemos precisa ser limpa e organizada, também. Nesse caso, a necessidade é muito maior. Se não estamos atentos às ameaças que o nosso lixo, produzido diariamente, representa ao meio ambiente, nós não temos a mínima noção de preservação da nossa própria espécie. É uma forma de suicídio.

Se ferimos o ambiente em que vivemos, ferimos a nós mesmos. Que tipo de lugar queremos deixar para os nossos filhos? Qual o melhor ambiente para se viver: um lugar arejado, limpo, em ordem; ou um em total desordem, que sofre com as intempéries da natureza, com a devastação do solo, por conta do lixo descartado sem o mínimo de cuidado? Vamos procurar priorizar mais o cuidado em relação ao nosso meio ambiente. Tanto por meio de ações de preservação, quanto com a atenção e conscientização

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail