Experiência de Prudentópolis: Atender bem, a propaganda mais eficaz que existe

Andrey e Jano, “os caras” do Restaurante do Supermercado Dal Santos/Foto: Reprodução Em minhas andanças como empresária, professora, consultora e

Andrey e Jano, “os caras” do Restaurante do Supermercado Dal Santos/Foto: Reprodução

Em minhas andanças como empresária, professora, consultora e palestrante, são poucas as cidades que não conheço, ao menos de passagem no Paraná. Foi o caso de Prudentópolis, onde estive em meados de fevereiro para dar uma aula de pós-graduação.

Havia tirado a manhã para mexer na minha tese de doutorado, mas como meu notebook me deixou na mão, resolvi fazer uma caminhada perto do hotel e conhecer a cidade. Um charme, desde o brechó da Carol e quase uma dezena de lojas de ‘variedades’, até o Restaurante do supermercado Dal Santos.

Neste último por sinal, reside o título desta coluna. Explico. O buffet do restaurante é excelente, desenhado para que o cliente tenha uma experiência saborosa a preço justo. Mas não estaria dedicando espaço a este tema se fosse apenas pelos produtos. Adoro carneiro e quando fui me servir, ao escolher um pedaço especialmente bonito, ouvi do Andrey que estava assando e servindo as carnes:

 – “Posso cortar essa parte fora?… É só osso”.  Surpresa, respondi que sim, seria muita gentileza. 

Em seguida, ao pegar sushi (outra paixão gastronômica minha) e seguir para pesar, perguntei à moça que cuida da balança (me perdoe, mas não anotei seu nome) se havia wasabi (aquela pastinha verde, bem ardida) para acompanhar.

– “Acho que não temos, mas vou pedir para verificar”, ela disse. Qual não foi a minha surpresa, quando três minutos depois, o Jano me trazia na mesa um potinho…

– “A senhora pediu wasabi”? Foi um almoço delicioso, regado com aquilo que mais prezamos nestes momentos, qualidade. Nos produtos e especialmente no atendimento. No caixa, a Camila ainda fez questão de me oferecer um café.

Naquele momento decidi voltar a escrever essa coluna e usar este caso como um bom exemplo. Não cheguei a falar com a Tereza, responsável pelo restaurante. E o Cássio, gerente geral do supermercado, estava em seu horário de almoço e não sabe quem sou eu. Mas quero parabenizar a ambos.

Promover um bom atendimento requer esforço diário de coordenação, treinamento, reconhecimento e motivação. Mas os resultados são fantásticos. A parte do osso que o Andrey cortou, poderia num primeiro momento ser interpretado como prejuízo para a empresa. Afinal, osso pesa. As 20 gramas de wasabi que o Jano me levou também.

Porém ao mostrar uma genuína preocupação com o cliente, e proporcionar uma excelente experiência de consumo. O restaurante do Supermercado Dal Santos, ganha muito mais. Ganha um buzz positivo e fidelização. Lembre-se que falamos em média para quatro pessoas quando somos bem atendidos em algum lugar, mas para 20 quando somos mal atendidos. Neste caso, a fala positiva vai ganhar um boca a boca maior. Eles não sabiam que estavam atendendo uma administradora, professora e jornalista e pelo que pude observar, atendem dessa forma como padrão. Bons exemplos como este precisam de reconhecimento para se espalhar. Adivinhem onde vou almoçar na próxima vez que eu for a Prudentópolis? E também vou recomendar aos amigos. Congratulações. Que São Josafá continue abençoando vocês.

TALENTOS E NEGÓCIOS

Nere e Josmar. Casal empreendedor dos Embutidos Bukovski, e da melhor cerveja artesanal de Laranjeiras e da região. Estão animados. Além da ampliação que vai permitir dobrar a produção, eles foram escolhidos para o atendimento gratuito do curso de formação de consultores do CRA-PR, numa das turmas de Guarapuava, em parceria com a FIA-USP

Eu e minha aluna Priscilla Melo Pimentel Gomes, após sua defesa na banca do MBA. O trabalho que versava sobre aplicação da Comunicação Integrada de Marketing às instituições de saúde, foi muito bem recebido pela banca e deve seguir para uma publicação científica

O prefeito de Guarapuava César Silvestre Filho (ao centro de azul), esteve em Marquinho na última semana. Além de assinar a ficha de filiação do secretário de Saúde, Elio Bonzon Júnior, o Juninho, aproveitou para reunir o grupo e articular as próximas ações do partido na região